REBIO do Parazinho

General information

Parazinho
Reserva Biológica
Estadual
Proteção Integral
111 (Decreto - 005 - 21/01/1985)
1985
Secretaria de Estado do Meio Ambiente do Amapá
Javascript is required to view this map.

Município(s) no(s) qual(is) incide a Unidade de Conservação e algumas de suas características

Municipality Population (IBGE 2007) Non-urban population (IBGE 2001) Urban population (IBGE 2001) State Municipality area (ha) CA area in the municipality (ha) CA area in the municipality (%)
Macapá 344153 10282 273026 AP 640.712 0 %

Pressões e ameaças

O desmatamento, as queimadas e a mineração industrial, são algumas das pressões que mais ameaçam as Unidades de Conservação. Veja abaixo dados atualizados sobre essas pressões nesta UC; para uma visualização comparativa entre as UCs mais desmatadas na Amazônia Legal, acesse o ranking dinâmico.

Para detalhes sobre a obtenção dos dados, acesse nossa nota técnica.


Characteristics

Characteristics

Situada na foz do rio Amazonas, desenvolve o projeto de manejo e proteção da tartaruga da amazônia.
Espécies migratórias: Charadrius ssp.; Calidris ssp; Sterna ssp; Larus atricilla; Tringa flauipes.
A unidade é coberta por formações vegetais chamadas pioneiras ou seja, elas ainda se encontram em processo de sucessão, com ecossistemas dependentes de fatores ecológicos instáveis sujeitos a perturbações, como marés e ondas estas últimas responsáveis pela degradação e derrubada de arvoredo mais próximos do litoral da ilha. Essas formações incluem florestas tropicais úmidas densas de várzeas e de terra firme, predominando árvores de médio porte, arbustos, varas, algumas palmeiras, mangue vermelho, mangue branco, siriúba, aturiá, mururés, juncos, aninga, açacu, jaranduba, costela de vaca e paliteiras.
Relevo: Caracteriza-se por uma área plana com sedimentos argilosos, siltosos e arenosos, de origem mista, fluvial e marinha. Como a umidade está sob constante influência do Rio Amazonas e do Oceano Atlântico, apresenta características marinhas com formações de restinga sujeitas a inundações
Solo: Pertence basicamente à categoria gley pouco húmico, entrópico, em associação com laterita hidromórfica, formados a partir de sedimentos siltosos e argilosos pouco profundos podendo se apresentar neutros ou alcalinos com fertilidade variável e drenagem variando de má à moderada.
Geologia: Formada no Período Quartenário. Esse tipo de ilha no estuário do Rio Amazonas é geneticamente denominado de aluvião.
Hidrologia: A ilha e recortada por pequenos cursos d'água sem denominação.
(Fonte: Cadastro Nacional de Unidades de Conservação. www.mma.gov.br. Última atualização: 10/08/2007. Acesso em: 19/04/2010).

Observations

Infra-estrutura: sede nos limites da UC, residência de funcionários, embarcação pequena e gerador.
(Fonte: Cadastro Nacional de Unidades de Conservação. www.mma.gov.br. Última atualização: 10/08/2007. Acesso em: 19/04/2010).


Physical Aspects

Overlappings with other Conservation Areas or Indigenous Lands

Não pertinente.

Biomes

Biome % in the CA
Zona Costeira e Marítima 100.00

Fitofisionomias

Vegetation (water courses excluded) % in the CA
Formações Pioneiras 100.00

Watersheds

Watershed % in the CA
Oceano Atlântico 100.00

Contacts

Secretaria de Meio Ambiente - SEMA/AP
Av. Mendonça Furtado, 53 - Centro
CEP: 68900-060 - Macapá - AP


Juridical Documents

Document type Number Document action Document date Publishing datesort icon Observation Documento na íntegra
Decreto 005 Criação 21/01/1985 Cria a Reserva Biológica do Parazinho, constituido da ilha fluvial Parazinho, nas proximidades do Arquipélago do Bailique, de propriedade do território do Amapá.


comments powered by Disqus