Florestas


FLONA de Carajás (PA) – Localiza-se em uma das maiores área de reserva de recursos minerais do mundo, são reservas gigantescas de ferro e manganês.  / Araquém Alcântara - www.terrabrasilimagens.com.br

A Floresta Nacional é uma área com cobertura florestal de espécies predominantemente nativas e tem como objetivo básico o uso múltiplo sustentável dos recursos florestais e a pesquisa científica, com ênfase em métodos para exploração sustentável de florestas nativas. É de posse e domínio públicos, sendo que as áreas particulares incluídas em seus limites devem ser desapropriadas de acordo com o que dispõe a lei. É admitida a permanência de populações tradicionais que a habitam quando de sua criação, em conformidade com o disposto em regulamento e no Plano de Manejo da unidade. A visitação pública é permitida, condicionada às normas estabelecidas para o manejo da unidade pelo órgão responsável por sua administração.


FLONA de Carajás (PA) - Caminhão carregado de minérios 2010  / Marcelo Salazar

A pesquisa é permitida e incentivada, sujeitando-se à prévia autorização do órgão responsável pela administração da unidade, às condições e restrições por este estabelecidas e àquelas previstas em regulamento. A Floresta Nacional disporá de um Conselho Consultivo, presidido pelo órgão responsável por sua administração e constituído por representantes de órgãos públicos, de organizações da sociedade civil e, quando for o caso, das populações tradicionais residentes. A unidade desta categoria, quando criada pelo Estado ou Município, será denominada, respectivamente, Floresta Estadual e Floresta Municipal.1 A atividade minerária é permitida em uma Floresta.

Categoria Unidade de conservação Instância responsável Área (ha) Ano de criação
FLONA Açu Federal 215 1950
FLONA Altamira Federal 689.012 1998
FLONA Amaná Federal 540.417 2006
FLONA Amapá Federal 412.000 1989
FLONA Amazonas Federal 1.573.100 1989
FLONA Anauá Federal 259.550 2005
FLONA Araripe-Apodi Federal 38.968 1946
FLONA Assungui Federal 729 1942
FLONA Balata-Tufari Federal 1.077.859 2005
FLONA Bom Futuro Federal 97.357 1988
FLONA Brasília (FLONA) Federal 9.343 1999
FLONA Caçador (FLONA) Federal 710 1968
FLONA Canela Federal 518 1946
FLONA Capão Bonito Federal 4.344 1968
FLONA Carajás Federal 411.949 1998
FLONA Caxiuanã Federal 200.000 1961
FLONA Chapecó Federal 1.607 1968
FLONA Contendas do Sincorá Federal 11.034 1999
FLONA Crepori Federal 739.806 2006
FLONA Cristópolis Federal 11.953 2001
FLONA Goytacazes Federal 1.424 2002
FLONA Humaitá Federal 468.790 1998
FLONA Ibirama (FLONA) Federal 571 1988
FLONA Ibura Federal 144 2005
FLONA Ipanema Federal 5.180 1992
FLONA Iquiri Federal 1.476.073 2008
FLONA Irati Federal 3.495 2002
FLONA Itacaiúnas Federal 141.400 1998
FLONA Itaituba I Federal 212.329 1998
FLONA Itaituba II Federal 405.701 1998
FLONA Jacundá Federal 220.644 2004
FLONA Jamanxim Federal 1.301.120 2006
FLONA Jamari Federal 215.000 1984
FLONA Jatuarana Federal 580.201 2002
FLONA Lorena Federal 249 1934
FLONA Macauã Federal 173.475 1988
FLONA Mapiá-Inauini Federal 311.000 1989
FLONA Mário Xavier Federal 493 1986
FLONA Mata Grande (FLONA) Federal 2.009 2003
FLONA Mulata Federal 212.751 2001
FLONA Negreiros Federal 3.000 2007
FLONA Nísia Floresta Federal 175 2001
FLONA Pacotuba Federal 451 2002
FLONA Palmares Federal 170 2005
FLONA Paraopeba Federal 200 2001
FLONA Passa Quatro Federal 348 1968
FLONA Passo Fundo Federal 1.358 1946
FLONA Pau-Rosa Federal 827.877 2001
FLONA Piraí do Sul Federal 125 2004
FLONA Purus Federal 256.000 1988
FLONA Restinga de Cabedelo Federal 103 2004
FLONA Rio Preto (FLONA) Federal 2.831 1990
FLONA Ritápolis Federal 90 1999
FLONA Roraima Federal 167.268 1989
FLONA Santa Rosa do Purus Federal 230.257 2001
FLONA São Francisco Federal 21.600 2001
FLONA São Francisco de Paula Federal 2.607 1945
FLONA Saracá-Taquera Federal 429.600 1989
FLONA Silvânia Federal 467 2001
FLONA Sobral Federal 598 1947
FLONA Tapajós Federal 582.149 1974
FLONA Tapirapé-Aquiri Federal 190.000 1989
FLONA Tefé Federal 1.020.000 1989
FLONA Trairão Federal 257.482 2006
FLONA Três Barras Federal 4.459 1944

 

Categoria Unidade de conservação Instância responsável Área (ha) Ano de criação
FES Amapá Estadual 2.369.400 2006
FES Antimary Estadual 65.965 1997
FES Apuí Estadual 185.946 2005
FES Aripuanã Estadual 336.040 2005
FES Canutama Estadual 150.588 2009
FES Faro Estadual 635.936 2006
FES Iriri Estadual 440.493 2006
FES Manicoré Estadual 83.381 2005
FES Maués Estadual 438.440 2003
FES Mogno Estadual 143.897 2004
FES Paru Estadual 3.612.914 2006
FES Rio Gregório Estadual 216.062 2004
FES Rio Liberdade Estadual 126.360 2004
FES Rio Pardo Estadual 2010
FES Rio Urubu Estadual 27.342 2003
FES Sucunduri Estadual 492.905 2005
FES Tapauá Estadual 881.704 2009
FES Trombetas Estadual 3.172.978 2006

Referências

  1. BRASIL 2000. Lei Federal Nº 9.985 de 18/07/2000. Regulamenta o artigo 225 da Constituição Federal e institui o Sistema Nacional de Unidades de Conservação e da outras providências. Disponível clicando aqui.