Ações reforçam Turismo Comunitário

ICMBio - http://www.icmbio.gov.br/ - 21/11/2017
Ações reforçam Turismo Comunitário
ICMBio lança publicação que orienta diretrizes e princípios do TBC e disponibiliza recursos para projetos


O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) quer fortalecer o Turismo de Base Comunitária (TBC) nas unidades de conservação federais (UCs). Para isso, lança uma publicação orientando as diretrizes e princípios sobre o TBC. Além disso, disponibilizou recursos financeiros para projetos que reforçem as ações de turismo comunitário, que é uma alternativa de renda às comunidades tradicionais que residem nas UCs.

A publicação é mais um dos resultados do Grupo de Trabalho (GT) do TBC, que foi criado em 2011, quando o tema foi discutido no Seminário de Ecoturismo de Base Comunitária nas Reservas Extrativistas, realizado em São Luís/MA. "Esperamos que essa publicação possa fomentar o diálogo e promover o amadurecimetno do tema para que o TBC gere benefícios tão esperados", ressalta o coordenador do GT, Thiago Beraldo.

Segundo ele, atualmente, as reservas extrativistas Marinha de Soure, Prainha do Canto Verde, Rio Unini e Chico Mendes já desenvolvem o TBC. Como também as comunidades das florestas nacionais do Tapajós e do Purus, e os parques nacionais Jaú e da Chapada da Diamantina.

A publicação Turismo de Base Comunitária em UCs Federais - Princípios e Diretrizes apresenta o conceito de TBC, onze princípios e dezoito diretrizes divididas em três blocos. Também estabelece diretrizes para a qualificação da experiência das comunidades e do público visitante, relacionadas diretamente ao caráter educativo e potencialmente transformador da proposta. Trata ainda de parâmetros para que o TBC esteja em compatibilidade e fortaleça os objetivos de criação e manejo das diferentes categorias de unidade de conservação.

O próximo desafio do GT é construir um caderno de experiências. "Esse caderno estará pautado em aprendizados, com possibilidade de ser replicados em outros cenários - a partir de adequações, com base nas distintas realidades", afirma Beraldo. Para isso, o GT quer organizar um Seminário que contará com a participação de gestores do ICMBio, representantes de movimentos sociais e de povos e comunidades tradicionais.


Recursos para projetos

O ICMBio disponibilizou recursos para as Unidades de Conservação, Centros Regionais e Centros de Pesquisa apresentarem projetos que fomentem o turismo de base comunitária. As propostas podem envolver capacitações, intercâmbios, visitas técnicas, oficinas, encontros, reuniões e mutirões comunitários, bem como o desenvolvimento de materiais didáticos, gráficos e audiovisuais destinados ao apoio ou disseminação das ações vinculadas a projetos apresentados pelas unidades de conservação. Serão R$ 40 mil por projeto, que deve estar alinhado com a publicação de Princípios e Diretrizes para o TBC.



http://www.icmbio.gov.br/portal/ultimas-noticias/20-geral/9306-acoes-reforcam-turismo-comunitario
Turismo Ambiental

Related Protected Areas:

Our sites


Visit the other platforms developed by the Protected Areas Monitoring Program of the Instituto Socioambiental.

Support


This platform would not be possible without the help of our supporters.

Gordon and Betty Moore Foundation
 
© Todos os direitos reservados. Para reprodução de trechos de textos é necessário citar o autor (quando houver) e o site (Unidades de Conservação no Brasil/Instituto Socioambiental - https://uc.socioambiental.org) e data de acesso. A reprodução de fotos e ilustrações não é permitida. Entre em contato para solicitações comerciais de uso do conteúdo.