Fundo brasileiro para a biodiversidade

Em 1996, o Governo Federal criou o FUNBIO, um fundo privado inicialmente capitalizado com uma doação de US$ 20 milhões do Fundo para o Meio Ambiente Global (GEF) para financiar projetos de conservação e uso sustentável da biodiversidade. Desde a sua criação, o FUNBIO vem complementando esses recursos iniciais com doações e parcerias com agências públicas e privadas. O FUNBIO é também responsável pela gestão de fundos de conservação específicos. O FUNBIO é administrado por um Conselho com poder de decisão e opera através de uma Secretaria Executiva, um Comitê Executivo e seis Comissões Técnicas.  

Fonte: Ministério do Meio Ambiente, acesso ao site em setembro de 2010.