Fundo nacional de compensação ambiental

Criado em 2006 para investir quantias originárias de compensações ambientais pagas por empreendimentos de infra-estrutura ou outros igualmente impactantes. Os recursos são investidos na criação, manutenção e implementação de unidades de conservação federais, estaduais e municipais, de acordo com a orientação da Câmara Federal de Compensações Ambientais. O Fundo é administrado por uma parceria entre o IBAMAe a Caixa Econômica Federal. Em 2008, o fundo tinha uma reserva de R$ 350 milhões (aproximadamente US$ 206 milhões).

Fonte: Ministério do Meio Ambiente, acesso ao site em setembro de 2010.