Introdução

O Brasil conta com seis fundos federais sob coordenação do Ministério do Meio Ambiente, que fornecem recursos financeiros para ações de conservação ambiental e da biodiversidade em todo o país e alguns outros, vinculados a outros Ministérios ou Instituições. Abaixo, listamos os principais dentre eles que dialogam diretamente com o Sistema Nacional de Unidades de Conservação e a conservação ambiental na Amazônia Legal.

Fundos Governamentais Instituição Gestora
Fundo Amazônia 
Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)
Fundo de Direitos Difusos  
Ministério da Justiça
Fundo Nacional do Meio Ambiente  
Ministério do Meio Ambiente
Fundo Nacional de Compensação Ambiental Ministério do Meio Ambiente
Fundo Nacional de Desenvolvimento Florestal   
Ministério do Meio Ambiente
Fundo Nacional sobre Mudanças Climáticas Ministério do Meio Ambiente

Neste mesmo recorte, há ainda dois outros fundos que tem a possibilidade de receber recursos de privados, o Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (FUNBIO) e o Fundo de Áreas Protegidas (FAP), no âmbito do Projeto Áreas Protegidas da Amazônia (ARPA).

Fonte: Ministério do Meio Ambiente, setembro de 2010