As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

O ECO - www.oeco.com.br
21/11/2009
Conflito no rio Jauaperi

Ribeirinhos da região do rio Jauaperi, entre o Amazonas e Roraima, estão reclamando de constantes incursões de barcos de turismo e de pesca comercial onde esperam criar uma reserva extrativista. A região é palco de polêmicas envolvendo a proposta da Reserva Extrativista do Baixo Rio Branco/Rio Jauaperi, processo que começou em 2001. Desde 2006, sua criação está parada na Casa Civil.

Os motivos para a dificuldade em criar a reserva, de acordo com profissionais da Rede Rio Negro - formada por organizações como Instituto Socioambiental (ISA), Grupo de Trabalho Amazônico (GTA), Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPÊ) e WWF -, podem estar na "esfera política".

"O ministro Carlos Minc prometeu criar a reserva no dia 5 de junho deste ano e até agora nada. O governo tem autonomia para criar uma reserva sem ao menos consultar o estado, visto que aquelas terras são federais e não estaduais", afirma Marina Antongiovanni, do ISA. De acordo com a rede, todos os impedimentos para sua criação já foram superados e resolvidos.

Uma denúncia formal sobre a invasão da área por barcos comerciais será feita nos próximos dias, em Manaus (AM).