As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

WWF - http://www.wwf.org.br
27/10/2015
Desmatamento e discutido em reuniao do Mosaico Sertao Veredas Peruacu

Dentre os assuntos discutidos na 22ª reunião do Conselho Consultivo do Mosaico Sertão Veredas Peruaçu (MSVP) esteve o problema dos grandes desmatamentos e dos conflitos pelo uso da água. Um dos encaminhamentos do encontro foi a formação de uma comissão do Conselho para tratar do problema do desmatamento e buscar soluções junto aos órgãos responsáveis.

O encontro realizado no munícipio de Januária (MG), entre os dias 21 e 22 de outubro, contou com a participação de representantes do governo, sociedade civil e organizações não governamentais como, o WWF-Brasil, que se mostraram preocupados com os relatos apresentados sobre os problemas ambientais que estão aumentando na região. Uma das maiores dificuldades está relacionada com a fiscalização e monitoramento dos crimes ambientais.

Durante a reunião foi apresentado o estudo a efetividade de quatro Mosaicos de Unidades de Conservação, dentre eles o MSVP.

Segundo Kolbe Soares, analista de conservação do Programa Cerrado Pantanal do WWF-Brasil, o Mosaico Sertão Veredas Peruaçu alcançou o maior índice de efetividade, levando em consideração critérios como governança, gestão, sociobiodiversidade e biodiversidade na avaliação da efetividade.

"É uma área de extrema importância para a conservação da biodiversidade do Cerrado e a ameaça do desmatamento está muito intensa na região. O estudo mostra que os mosaicos estão contribuindo para ampliar a escala de conservação e fortalecer a cooperação entre as áreas protegidas e as organizações atuantes na região", afirma o analista de conservação do WWF-Brasil.

No MSVP foi considerado o sucesso de 80% que tem como características determinantes para alcançar este índice como o tempo de constituição, existência de uma secretária executiva, mobilização prévia e implementação de ações planejadas.

Durante a reunião também foram abordadas as ações do Grupo de Trabalho do Cadastro Ambiental Rural (CAR), que atuam no processo de regularização ambiental de propriedades e posses rurais do território do Mosaico, além de uma apresentação sobre o Parque Nacional e a Área de Proteção Cavernas do Peruaçu, duas unidades de conservação sob gestão do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, e uma apresentação sobre o Refúgio Estadual de Vida Silvestre de Pandeiros, unidade de conservação de responsabilidade do Instituto Estadual de Florestas (IEF) de Minas Gerais.

http://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?48642