As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

ICMBio - www.icmbio.gov.br
22/09/2009
Floresta Nacional Caxiuna realiza posse do novo Conselho Consultivo da unidade

A Floresta Nacional (Flona) Caxiuanã, no Pará, realizou no último mês a posse do Conselho Consultivo da unidade, que teve como palco o auditório da Estação Cientifica Ferreira Penna (ECFPn) do Museu Paraense Emilio Goeldi (MPEG), localizada na Unidade de Conservação.

Participaram do evento 48 pessoas, entre conselheiros, autoridades e demais convidados. O chefe da Flona Caxiuanã, Carlos Alberto de Souza Braga, fez a abertura da programação junto com a representante do MPEG, Rosa Paes.

"Podemos dizer com satisfação que os muros existentes em Caxiuanã foram substituídos por pontes que estão servindo para aproximar e integrar a UC com outros atores sociais da região e assim cumprir os objetivos que nortearam a sua criação há quase meio século", destacou Jorge.

Entre os principais pontos discutidos estiveram os artigos que dispõem sobre Plano de Manejo, composição e número de conselheiros e a composição da Diretoria, bemc omo o texto final do Regimento Interno da Flona Caxiuanã, sancionado com 31 artigos.

Ainda na ocasião, foram indicados, votados e empossados os membros que farão parte da Secretaria Executiva do Conselho Consultivo. As discussões foram centralizadas na composição deste órgão, uma vez que alguns conselheiros acreditavam que o conselho deveria contemplar representantes das comunidades tradicionais, o que suscitou o debate.

TRABALHOS - A próxima reunião do Conselho Consultivo de Caxiuanã e a realização da oficina de capacitação dos conselheiros ficou marcada para o mês de fevereiro de 2010, levando em conta fatores como distância do local do evento e agenda de todos. O evento de capacitação de conselheiros (módulo I - nivelamento) ficou marcado para os dias 21 e 22 de novembro.

Dos 20 assentos previstos no Regimento Interno, somente 17 entidades se habilitaram e 16 enviaram seus representantes para posse. Estiveram presentes no evento o prefeito e vice dos municípios de Portel, Pedro Barbosa e Carlos Moura respectivamente.

Além desse socmpareceram Melgaço, Adiel Moura, vereadores, lideranças comunitárias, além de representante da Coordenação Regional do ICMBio em Belém, o analista ambiental Waldemar Vergara e a representante do Serviço Florestal Brasileiro (SFB), Eliriane dos Anjos Albuquerque.

O analista ambiental da Flona Caxiuanã, Jorge Evandro Santos Gomes, avaliou o evento como positivo no que se referiu à proposta de gestão participativa em processo de implementação desde 2007, cujos resultados superam as expectativas, considerando todas as dificuldades enfrentadas. A equipe, quando de sua chegada, encontraram uma Unidade de Conservação em estado de isolamento em termos geográfico e, principalmente, institucional.

Atualmente, a Flona Caxiuanã vive outra realidade, graças às ações de proteção, monitoramento, articulação interinstitucional, organização comunitária e capacitação, conseguidas por meio de parcerias, a exemplo do Museu Paraense Emilio Goeldi e a PM de Portel.