As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

G1 - http://g1.globo.com/
19/09/2017
Fogo que atingiu Floresta Nacional do DF soma quase 24 horas com nova queimada

Incêndio voltou por volta das 6h30 desta terça. Combate às chamas ocorre desde domingo, com duas pausas. Retomada do fogo nas primeiras horas do dia 'não é normal', disse bombeiro.

O incêndio que atingiu a Floresta Nacional de Brasília (Flona), às margens da DF-001, neste domingo (17) durou, pelo menos, 20 horas e voltou a queimar a vegetação na manhã desta terça (19). Por volta das 6h30, o Corpo de Bombeiros informou que deslocou 12 militares e dois carros para combater as chamas.

Os bombeiros não informaram a extensão da área queimada, porque a medição será feita somente após o controle total das chamas.

Há 120 dias sem chuvas, o DF passa por um período de baixa umidade e grande amplitude térmica - quando a diferença entre as temperaturas máxima e a mínima é expressiva. Estes fatores, somados à alta velocidade dos ventos, favorecem os incêndios florestais, segundo os bombeiros.

No entanto, a retomada do fogo logo nas primeiras horas da manhã levantam suspeitas sobre a origem do incêndio. "Não é normal o fogo remitir nas primeras horas da manhã, porque a umidade é mais alta e a temperatura mais amena", disse o tenente Souza Mendes ao G1. "Mas ainda é muito cedo para fazer qualquer afirmação."

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a umidade do ar nesta terça é de 25% com temperatura máxima de 28 oC.

24 horas de fogo

Somente neste domingo, 69 bombeiros trabalharam cerca de 8 horas com o auxílio de 12 carros. De acordo com a corporação, o incêndio foi de grandes proporções e ameaçou chácaras próximas, na região do Incra 7.

Pelo menos mais quatro focos de incêndio foram registrados no mesmo dia no DF. Outro de grande proporção, atingiu a região da Aguilhada, em São Sebastião. Em Planaltina, o gramado de um estádio foi atingido por fogos de artifício liberados durante a inauguração do Centro Olímpico e Paralímpico. Também houve chamas no lote de uma seguradora, com queima total de três carros.

Na segunda, o incêndio na Flona voltou por volta das 9h25 e durou até as 21h. O combate foi feito por cerca de 60 militares, nove carros e um avião "ninbus" - modelo que tem capacidade para armazenar 3,1 mil litros de água.

https://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/fogo-que-atingiu-floresta-...