As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

ICMBio - http://www.icmbio.gov.br/
21/03/2016
Furna Feia acerta parceria com universidades

Ideia é ampliar ações de ensino e pesquisa no parque potiguar

O Parque Nacional da Furna Feia, administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), nos municípios de Baraúna e Mossoró (RN), deve assinar, nos próximos meses, termo de reciprocidade com instituições de ensino superior locais - a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) e a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) - para a realização de atividades acadêmicas na unidade de conservação (UC).

O acerto foi feito pelo chefe do parque, o analista ambiental Leonardo Brasil de Matos Nunes, durante reuniões nos dias 10 e 11 deste mês, com o pró-reitor de pesquisa da Uern, João Maria Soares, e com o pró-reitor de pós-graduação da Ufersa, Vander Mendonça, além de coordenadores e professores de cursos da área ambiental das duas instituições que têm interesse em desenvolver atividades na UC.

A ideia é formalizar parceria o mais rápido possível para ampliar as atividades acadêmicas que já vem sendo realizadas de forma ainda incipiente e pontual no interior do parque. Com isso, será possível criar, entre outras coisas, programa de estágio curricular e desenvolver projetos de pesquisa, extensão, estágios supervisionados e de educação ambiental.

Utilização de laboratórios

Nas reuniões, professores da Uern e Ufersa se comprometeram a elaborar, em conjunto com os gestores do ICMBio, um plano de trabalho que permitirá, inclusive, a utilização de laboratórios e equipamentos das universidades para a realização dos trabalhos na UC. "A Ufersa, com a sua diversidade de cursos, tem todo o interesse de ampliar as suas ações no parque", disse o pró-reitor Vander Mendonça.

O chefe do parque, Leonardo Brasil, ressaltou que a unidade dispõe, ao todo, de 8.500 hectares de mata nativa com alto grau de conservação, além do maior complexo de cavernas do Nordeste. A área, segundo ele, tem grande potencial para o desenvolvimento de pesquisas, tanto de graduação quanto projetos mais duradouros, focados na conservação da biodiversidade do bioma Caatinga.

As duas universidades oferecem cursos de graduação e pós-graduação voltados para o bioma Caatinga e têm grande potencial para realizar estudos e pesquisas inéditas na unidade de conservação, criada oficialmente há apenas quatro anos.

Projetos e aulas de campo

Entre as atividades desenvolvidas atualmente no parque, estão dois projetos dos professores Diana Lunardi e Vitor Lunardi, da Ufersa - um sobre a conservação da caatinga e o outro sobre o planejamento de trilhas ecológicas. Além disso, a universidade ministra aulas de campo da disciplina Planejamento Ambiental, do Programa de Pós-Graduação em Ambiente, Tecnologia e Sociedade.

A localização do parque, a apenas a cinco quilômetros da Fazenda Experimental Rafael Fernandes, campus da Ufersa, é apontada pela professora Diana Lunardi como uma vantagem para a realização de trabalhos científicos na área de Furna Feia. "É um privilégio para nós estarmos tão perto de um parque nacional. Espero que essa parceria fortaleça o vínculo entre a Ufersa e a unidade de conservação", disse ela.

O professor Wendson de Araújo Medeiros, do curso de Gestão Ambiental da Uern, ressaltou a importância dos alunos realizarem estágios no Parque da Furna Feia: "A possibilidade dos estudantes vivenciarem as atividades de gestão da unidade de conservação permite que tenham um contato muito próximo com o dia a dia do profissional de uma das áreas que tem atraído bastante os alunos quando eles se formam".

O professor Moacir Franco, pró-reitor adjunto de administração da Ufersa, também se mostrou sensível ao estabelecimento da parceria entre a universidade e o Instituto Chico Mendes, para realização de trabalhos científicos no Parque Nacional da Furna Feia.

http://www.icmbio.gov.br/portal/comunicacao/noticias/4-destaques/7792-pa...