As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

Funbio - http://www.funbio.org.br
25/02/2014
Grande Sertao Veredas: conhecer para preservar

"Coração cresce de todo lado. Coração vige feito riacho colominhando por entre serras e varjas, matas e campinas. Coração mistura amores. Tudo cabe." A mesma grandeza e beleza da prosa de Guimarães Rosa cabem ao Parque Nacional batizado com o mesmo nome de sua obra-prima: Grande Sertão Veredas. Localizado entre o extremo sudoeste da Bahia e noroeste de Minas Gerais, o parque conta com a ajuda do Tropical Forest Conservation Act (TFCA) que apoia a iniciativa da Fundação Pró-natureza (Funatura), em parceria com o ICMBio, de levar conhecimento e ações de gestão participativa do parque às comunidades do entorno.

Aprovado na primeira chamada do TFCA sob o tema Manutenção de Áreas Protegidas, o projeto, também intitulado "Grande Sertão Veredas", visa integrar as comunidades próximas, levando o conhecimento necessário para a valorização deste rico patrimônio natural. Em especial para os alunos da rede escolar dos municípios próximos, e também grupos de interesse como, produtores, vereadores e técnicos de entidades que atuam na região. Através do apoio, também estão sendo desenvolvidas ações de infraestrutura para melhorar a proteção do parque, capacitação de guarda-parques e a gestão participativa por meio da atuação do Conselho Gestor.

A Funatura é parceira antiga do Parna, desde 1987 dedica esforços, junto aos órgãos federais, na implementação de ações no Grande Sertão Veredas e sua região de influência. O parque foi criado em 1989 com uma área parcial de 83.364 ha, e foi ampliado em 2004, contando hoje com uma área total de 230.671 ha, abrangendo parte dos territórios dos municípios de Cocos, na Bahia; e de Formoso, Chapada Gaúcha e Arinos, em Minas Gerais.

A educação ambiental promovida pelo projeto é feita por meio de palestras ministradas para a população do entorno. Segundo o coordenador do projeto, Cesar Victor do Espírito Santo, o apoio do TFCA foi fundamental, pois possibilitou o que normalmente não se consegue com outros agentes financiadores. "O parque agora tem um micro ônibus para levar os alunos para conhecer o parque, isso era uma dificuldade por que as visitas ao parque eram feitas de forma muito esporádica, e com isso a gente pode fazer um trabalho mais sistematizado", diz o biólogo.

É preciso conhecer para valorizar e preservar. Sendo assim o projeto transforma agricultores, comerciantes, pessoas que trabalham com o turismo local e, principalmente, as futuras gerações em defensores do Parque Grande Sertão Veredas e de toda biodiverdade que habita nesse grande pedaço do cerrado brasileiro. "Eu visualizo no futuro uma rede de pessoas que possam contribuir com o grande desafio que é a implementação e proteção de um parque nacional no cerrado", finaliza Cesar Victor.

http://www.funbio.org.br/o-funbio/noticias/grande-sertao-veredas-conhece...