As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

IBAMA - www.ibama.gov.br
29/07/2008
Ibama e ICMBio apreendem mais de 2 mil peixes ornamentais em Resex no Para

O ICMBio e o Ibama apreenderam cerca de 2,5 mil peixes ornamentais na Reserva Extrativista do Rio Xingu, em Terra do Meio, região centro-oeste do Pará. Duas empresas locais foram multadas em R$30 mil e R$50 mil pelas infrações. Além dos peixes, cinco embarcações das empresas foram apreendidas pelo órgão ambiental.

De acordo com o coordenador da ação pelo Ibama, Paulo Maués, ainda na Resex, um pescador foi autuado por ter pescado 90 kg de peixe. "A maioria era Surubim e Tucunaré. A multa aplicada ao infrator foi de R$2,5 mil por ter feito a pesca em reserva extrativista", afirma Maués.

A coordenadora pelo ICMBio, Patrícia Greco, acrescenta que os peixes ornamentais foram soltos no Rio Xingu. "Que é o habitat natural deles e os demais foram doados à Aldeia Indígena Parakanã. Os responsáveis pelas infrações devem responder processo pelo crime ambiental, encaminhado ao Ministério Público", garante Patrícia.

A ação conjunta foi iniciada no dia 10 deste mês nas RESEX Riozinho do Anfrísio e Rio Iriri, para fazer os planos de Utilização das Unidades de Conservação e proteger as UCs da terra do meio: RESEX Riozinho do Anfrísio, Rio Iriri, Rio Xingu, ESEC Terra do Meio e PARNA Serra do Pardo.