As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

ICMBio - http://www.icmbio.gov.br/
15/08/2016
ICMBio consegue controlar fogo em 9 unidades de conservacao

Nesta segunda (15), apenas o Parque Nacional do Araguaia, em Tocantins, sofria com incêndios florestais. Brigadistas esforçavam-se para apagar as chamas

No final da tarde desta segunda-feira (15), apenas uma unidade de conservação federal - o Parque Nacional do Araguaia, em Tocantins - enfrentava incêndios florestais. Em nove outras unidades atingidas pelo fogo na semana passada, a situação estava sob controle.

As informações são da Coordenação de Emergências Ambientais (Coem), da Coordenação Geral de Proteção (CGPro), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que acompanha, diariamente, o quadro de incêndios florestais em todo o País.

Segundo o boletim divulgado por volta das 18h, três focos continuavam ativos ao longo do Parque Nacional do Araguaia. Há a suspeita de que os incêndios teriam sido causados por indígenas, para acesso a lagos de pesca e renovação de pastagem. No total, 18 brigadistas tentavam debelar as chamas.

Na Chapada dos Veadeiros, em Goiás, brigadistas do ICMBio e do PrevFogo/Ibama de Cavalcante (GO) conseguiram controlar incêndio de grandes proporções, que começou na sexta-feira (12), na Reserva Paticular do Patrimônio Natural (RPPN) Cara Preta, e ameaçava entrar na área do parque nacional.

Já na Serra da Canastra, em Minas, os três focos no interior do parque foram extintos, embora alguns incêndios ainda persistissem nesta segunda-feira na área não regularizada da unidade, exigindo atenção dos brigadistas.

Na Chapada Diamantina, na Bahia, o fogo que atingiu a parte central do parque, na sexta-feira, estava completamente extinto, da mesma forma que os pequenos focos de incêndio que afetaram unidades de conservação da Terra do Meio, no Pará - florestas nacionais de Jamanxin e de Altamira, Parque Nacional da Serra do Pardo e Estação Ecológica Terra do Meio.

Embora o incêndio tenha sido controlado desde o dia 9 passado no Parque Nacional de Itatiaia e na Área de Proteção Ambiental (APA) Mantiqueira, na região serrana entre Rio, Minas e São Paulo, os 30 brigadistas do parque e os 12 da APA eram mantidos de prontidão, para atuar em qualquer eventualidade.

Enquanto isso, brigadistas do PrevFogo/Ibama e bombeiros militares controlavam incêndio que surgiu na RPPN Pedra do Amolar, em região próxima ao Parque Nacional do Pantanal Matogrossense (MS). Não havia, contudo, risco de o fogo atingir o parque, de acordo com o boletim da Coem.

http://www.icmbio.gov.br/portal/ultimas-noticias/20-geral/8085-icmbio-co...