As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

O Diario de Teresopolis - http://odiariodeteresopolis.com.br
25/06/2012
Novo parque eleva areas de protecao ambiental no Rio

O Governador Sérgio Cabral praticamente dobrou em termos territoriais a área total de Unidades de Conservação no Estado com a criação do Parque Estadual da Pedra Selada, na Serra da Mantiqueira, anunciada nesta segunda-feira (18) pela presidente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Marilene Ramos, durante agenda da Conferência Rio+20, no Parque dos Atletas, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Com os 8,036 mil hectares adicionais da nova Unidade de Proteção Integral, a 11ª do Estado e o quarto parque estadual criado neste governo - os outros três são o de Cunhambebe, da Costa do Sol e Lagoa do Açu - a área territorial total inserida em unidades de conservação foi ampliada para 85 mil hectares, uma expansão de 35 mil hectares em área somente na atual administração, considerando ainda as ampliações dos parques estaduais da Ilha Grande, Tiririca e Três Picos e da Reserva biológica de Araras. Segundo Marilene Ramos, a criação do parque da Pedra Selada não apenas expande a área de cobertura sob proteção da Mata Atlântica, patrimônio nacional e um dos mais ameaçados biomas do País, como forma um importante corredor ecológico com o parque Nacional de Itatiaia.

A área do novo parque estadual, que abrange os municípios de Resende, Itatiaia e Visconde de Mauá, abriga diversas espécies remanescentes da floresta primária, bem como, diversas espécies da flora e da fauna nativas ameaçadas de extinção. Coloca ainda sob proteção estadual nascentes contribuintes à algumas das principais bacias hidrográficas da Região Sudeste, que são as dos rios Paraná e Paraíba do Sul, bem como, a importante cadeia geológica representada pelo grupo de picos que compõe a Pedra Selada. A criação do parque também é considerada importante para o desenvolvimento regional, uma vez que oferece oportunidades aos pequenos e médios empreendimentos gerando empregos e renda na atividade turística na região.

Teresópolis é referência em unidades de conservação. Além do Parque Estadual dos Três Picos, está situado no município o terceiro parque mais antigo e um dos conhecidos do país, o da Serra dos Órgãos, além do Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis, onde fica a Pedra da Tartaruga.

http://odiariodeteresopolis.com.br/leitura_noticias.asp?IdNoticia=19746