As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

ICMBio - http://www.icmbio.gov.br/
01/08/2014
Parque Nacional da Boa Nova abriga mais da metade das aves da Bahia

O Parque Nacional de Boa Nova (BA) é uma das Unidades de Conservação (UCs) mais ricas em aves no Brasil e abriga mais da metade das espécies da Bahia. Atualmente, existem cerca de 438 espécies catalogas na região. "Esse número cresce a cada dia. Na verdade, acreditamos que existam muito mais, mas ainda estamos em estudos", disse Johan Silva Pereira, chefe da unidade.

Devido à rica biodiversidade, o Parque é considerado um dos principais destinos do turismo para observadores de aves do País, que visitam o local diariamente para analisar o comportamento dos animais em ambiente natural. "Nos surpreendemos todos os dias com novas descobertas de aves, inclusive algumas edêmicas ou que estão ameaçadas de extinção", explicou Pereira.

Criado em 2010 junto com um Refúgio de Vida Silvestre (Revis), a UC tem, ao todo, 27 mil hectares e protege uma importante área na transição entre os biomas Caatinga e Mata Atlântica. Em apenas 15 quilômetros de caminhada, os visitantes passam da caatinga mais seca à floresta mais úmida e ainda conhecem a mata de cipó. No trajeto, existem várias nascentes que desaguam em meio a altas montanhas e formam cachoeiras deslumbrantes.

Na floresta de altitude, localizada entre os dois biomas, vive uma ave rara, conhecida como gravatazeiro (Rhopornis ardesiacus), uma das prediletas para os observadores.

Patrimônio arquitetônico

Além das belezas naturais, formadas por atrações como a cachoeira Sete de Setembro, que tem 70m de altura, Caldeirões do Rio do Chumbo, Lagedo dos beija-flores, Serra do Timorante, Mirante do Rio do Chumbo e Morro do Inglês, a região de Bova Nova tem um importante patrimônio arquitetônico e mantém uma intensa atividade cultural popular.

Para quem não conhece a região, existem guias locais profissionais para acompanhar e informar os visitantes sobre as principais atrações. "Essas pessoas são preparadas, inclusive, para tirar dúvidas sobre algumas espécies", finalizou o chefe do Parque Nacional de Boa Nova.

http://www.icmbio.gov.br/portal/comunicacao/noticias/4930-parque-naciona...