As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

ICMBio - http://www.icmbio.gov.br
10/07/2012
Parque Nacional Grande Sertao Veredas ganha micro-onibus

A partir de agosto, o Parque Nacional (Parna) Grande Sertão Veredas, entre Minas e Bahia, oferecerá à comunidade mais um serviço: visitas gratuitas e monitoradas em um micro-ônibus como atividade de educação ambiental. A iniciativa é resultado do Termo de Reciprocidade firmado entre o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a Fundação Pró-Natureza (Funatura).

Nesta terça-feira (10), o micro-ônibus, com capacidade para transportar 25 pessoas sentadas, foi entregue ao ICMBio, que administra o parque, em cerimônia simbólica, realizada em Brasília, que contou a presença do presidente do Instituto, Roberto Vizentin, e do representante da Funatura, César Victor do Espírito Santo, além de diretores e coordenadores da autarquia.

As visitas guiadas no parque serão oferecidas, inicialmente, a alunos da rede escolar do entorno do parque e a grupos comunitários da região, como agricultores e pequenos comerciantes. As visitas obedecerão ao que está previsto no Plano de Manejo da unidade de conservação (UC), ou seja, as localidades, a capacidade de carga, entre outros aspectos.

Os alunos que participarem das visitas receberão camiseta com as logomarcas do parque, do ICMBio e da Funatura e um folder sobre a unidade. Antes das visitas, assistirão a palestras em sala de aula sobre o parna e a importância da conservação do Cerrado.

Significado prático

O presidente do ICMBio destacou a iniciativa e assegurou que ela tem um significado prático muito grande, pois o micro-ônibus vai servir de instrumento de educação ambiental para a comunidade dos quatro municípios abrangidos pelo parque - Chapada Gaúcha, Formoso, Arinos, em Minas, e Cocos, na Bahia.

"Essa relação com a sociedade civil, com organizações como a Funatura, indicam, mais do que um caminho, uma política que o Instituto tem que seguir para implementar a gestão das UCs, principalmente daquelas abertas ao uso e à visitação pública", afirmou o presidente, ao acrescentar: "Nesse projeto, o veículo tem uma simbologia: ele aproxima e permite que a comunidade, na figura do jovem e da criança, abrace o parque."

Ainda segundo Vizentin, trata-se de uma viagem, uma aventura de reconhecimento, de identidade entre o parque e a comunidade. "Isso vale muito mais do que mil palavras sobre educação ambiental em sala de aula. A parceria com a Funatura abre caminho para consolidar essa experiência não só no Parque Grande Sertão Veredas, mas para ampliar esse espaço de participação de organizações ambientalistas na gestão das UCs".

Intermediar ações

O representante da Funatura, César Victor, ressaltou, por sua vez, que o objetivo é exatamente esse: intermediar as ações junto com o governo para que a população conheça o parque e entenda melhor a sua importância para a região e para o País.

O projeto conta com apoio do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio) e do Tropical Forest Conservation Act (TFCA), do governo dos Estados Unidos. Antes de ser submetido pela Funatura ao Funbio, foi discutido com os técnicos do ICMBio que atuam no parque, conforme prevê o Termo de Reciprocidade. O documento tem validade até dezembro de 2012, podendo ser renovado.

http://www.icmbio.gov.br/portal/comunicacao/noticias/20-geral/3110-parqu...