As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

G1 - http://g1.globo.com/
11/11/2014
Parque Nacional Marinho de Noronha tem novo diretor

Nesta terça-feira (11) toma posse o novo diretor do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, Eduardo Cavalcante de Macedo. O servidor do Instituto Chico Mendes da Biodiversidade substitui Ricardo Araújo, que chefiava a unidade de conservação. A mudança já era prevista, mas foi negada pela assessoria de comunicação do Instituto ao blog Viver Noronha no mês de outubro. Araújo tem linha de atuação contrária a nova diretoria do Icmbio e também afastou-se das atividades para participar de uma capacitação no exterior.

O novo diretor, Eduardo Macedo, tem 36 anos de idade, é alagoano, mestre em Oceanografia com especialização em Gestão Ambiental Costeira pela Universidade Federal de Pernambuco. Eduardo é analista ambiental do Chico Mendes concursado desde 2009, trabalha no Parque de Noronha há dois anos e meio, mas desde 2008 desenvolve pesquisas no arquipélago.

Macedo já atuou como analista ambiental da reserva de Foure, na Ilha do Marajó, e foi chefe do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (no Maranhão) por mais de dois anos. Atualmente era o coordenador de Manejo e Pesquisa do Parque de Noronha, mas já chefiou a fiscalização do Parnamar e tem fama de linha dura. "Eu chego a direção do Parque com a missão de integrar os trabalhos nas unidades de conservação do Atol das Rocas e de São Pedro e São Paulo", afirmou Eduardo. O novo diretor foi nomeado na semana passado, mas só toma posse nesta terça porque estava nas Rocas realizado trabalhos.

Eduardo Macedo também quer dar andamento às obras previstas na licitação que terceirizou os serviços turísticos do Parque Nacional Marinho. Os trabalhos devem ser executados pela empresa EcoNoronha. "Vamos procurar resolver os entraves para implantar os Postos de Informação e Controle da Praia do Leão e também da Praia da Atalaia. Queremos ainda a reforma do Centro de Visitantes do Parque", afirmou Macedo.

O novo diretor do Parque acredita que não terá problemas de relacionamento com a Administração de Fernando de Noronha, apesar de ser o responsável por algumas notificações ao governo estadual, como o questionamento relativo ao uso do Açude da Ema. "Nós devemos trabalhar em parceria" , previu o novo diretor do Parnamar, Eduardo Macedo.

http://g1.globo.com/platb/pe-viver-noronha/2014/11/11/parque-nacional-ma...