As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

Ibama - http://www.ibama.gov.br/
07/04/2015
PQA monitora populacao de tartarugas-da-amazonia

O Ibama realizou, entre os últimos dias 23 e 30 de março, uma campanha de monitoramento populacional de tartarugas-da-amazônia como parte do Programa Quelônios da Amazônia (PQA). O objetivo foi capturar e marcar indivíduos jovens que ainda não houvessem entrado na idade reprodutiva. Participaram da expedição servidores da Superintendência do Ibama em Goiás (Supes/GO), em parceria com o Centro de Estudos de Quelônios da Amazônia do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/Cequa), da Dbflo e da Universidade Estadual de Goiás - Campus Itapuranga.

"Esta é uma primeira expedição para conhecer onde as tartarugas ficam nesse período", informou o coordenador substituto de Fauna do Ibama, Roberto Lacava. Além de marcar mais de 70 mil filhotes, que eclodiram nas praias dos rios Crixás-Açu e Araguaia, a equipe da Supes/GO também recapturou animais já marcados para tentar estimar o crescimento e sua taxa de sobrevivência.

A participação do Inpa possibilitou a troca de experiências e a discussão da metodologia utilizada, uma vez que estiveram presentes o renomado pesquisador do Dr. Richard Vogt e a pesquisadora Ma. Virgínia Bernardes, que executam o Projeto Tartarugas da Amazônia, especialmente no Rio Trombetas/Rebio Trombetas, no Pará. Foram capturadas 47 tartarugas-da-amazônia (Podocnemis expansa) e 6 tracajás (Podocnemis unifilis), sendo a grande maioria indivíduos fora da idade reprodutiva. Estes foram medidos, pesados e marcados, o que permitirá o acompanhamento da população destas espécies na região.

http://www.ibama.gov.br/publicadas/pqa-monitora-populacao-de-tartarugas-...