As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

ICMBio - www.icmbio.gov.br
11/02/2009
Presidente do ICMBio inicia nesta quinta (12) visita a estacao cientifica em Flona no Para

O presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Rômulo Mello, inicia nesta quinta-feira (13) viagem de visita à Estação Científica Ferreira Penna (ECFPn), do Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG). A estação funciona em uma base instalada na Floresta Nacional (Flona) de Caxiuanã, no interior do Pará. A Flona é administrada pelo ICMBio.

Além de Rômulo, participam da visita, que vai durar três dias, a secretária de Biodiversidade e Florestas do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Maria Cecília Wei de Brito, o diretor de Conservação da Biodiversidade do MMA, Bráulio Dias, o secretário-executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia, Luiz Antonio Rodrigues Elias, a diretora do MPEG, Ima Célia Guimarães Vieira, o coordenador de pesquisa e pós-graduação do Museu, Nilson Gabas, e o diretor de Conservação da Biodiversidade do ICMBio, Marcelo Marcelino.

O objetivo da visita é conhecer os projetos institucionais desenvolvidos na Flona, entre eles o Programa de Pesquisa em Biodiversidade (PPBio), o Programa de Ecologia, Avaliação e Monitoramento de Florestas Tropicais (TEAM), o Experimento de Grande Escala da Biosfera - Atmosfera na Amazônia (LBA) e o Experimento de Seca na Floresta (Esecaflor).

Ainda durante a visita, o grupo vai realizar uma discussão inicial sobre o Plano de Manejo para a Flona de Caxiuanã, que será elaborado em ação conjunta do ICMBio com o Museu Emílio Goeldi.

Experiência bem sucedida, Caxiuanã servirá de modelo a uma estação semelhante proposta para o Parque Nacional de Tumucumaque. O Ministério do Meio Ambiente encaminhou solicitação de informações ao Goeldi sobre a gestão da estação e sua infra-estrutura, entre outros itens.

Localizada na Floresta Nacional de Caxiuanã, a 400 km de Belém, a Estação, que já possui 15 anos de atuação no campo da pesquisa científica, é fruto de um convênio de cooperação técnica entre o Museu Emílio Goeldi e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). A ECFPn foi criada com a finalidade de apoiar programas de pesquisa de curto, médio e longo prazos do museu e da comunidade científica nacional e internacional.

Ascom/ICMBio - (61) 3316-1972
Ascom/MPEG - (91) 3219-3312