As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

ICMBio - www.icmbio.gov.br
16/07/2009
Rebio em Minas multa desmatadores em mais de R$ 26 mil

Com o objetivo de atender denúncias de que ilícitos vinham sendo praticados no interior e entorno da Reserva Biológica Mata Escura, em Minas, fiscais da unidade, em parceria com os da APA do Morro da Pedreira, dos parques nacionais Sempre-Vivas, Pau-Brasil e Caparaó, além de agentes da Polícia Federal, promoveram uma operação de fiscalização na semana passada.

Entre os danos, foram constatados desmatamento ilegal e intervenção em áreas de proteção permanente (APP). Ao todo foram lavrados três autos de infração totalizando R$ 26.190,00 em multas. "Uma ação de extrema importância para a consolidação da presença do ICMBio na região, inibindo ações irregulares na área de influência da reserva", explica Tiago Castro Silva, chefe da Rebio Mata Escura.

Novas denúncias, surgidas ao longo da operação, estarão sendo apuradas. Esta foi a primeira realizada na reserva. Criada em 2003, a unidade tem como objetivo proteger uma importante porção da Mata Atlântica no Estado de Minas Gerais, abrigando espécies ameaçadas como o muriqui (Brachyteles hypoxanthus), o macaco-prego-do-peito-amarelo (Cebus xanthosternos), o gavião-pombo-grande (Leucopternis polionata), dentre outros.