As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

O Globo, O Pais, p. 19
10/09/2010
Tocantins ja registra 10 mil focos de incendio

Tocantins já registra 10 mil focos de incêndio
Fumaça das queimadas leva ao fechamento do Aeroporto de Palmas por 2 dias consecutivos

Graziela Guardiola
Especial para O Globo

De janeiro até agora, o Tocantins registrou quase dez mil focos de queimadas, um número 568% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado, quando houve 1.429 focos. Só na primeira semana de setembro foram 2.180 focos, contra 277 em setembro de 2009, um aumento de 687% em relação ao ano passado.

A fumaça das queimadas obrigou a Infraero a fechar o Aeroporto de Palmas por dois dias consecutivos. Passageiros do vôo 9359 da TAM desembarcaram em Palmas, vindos de Brasília, mais de 12 horas depois do previsto. O avião que estava previsto para meia-noite só pousou no início da tarde de ontem.

- Tinha compromissos programados para o início da manhã e não consegui chegar a tempo. Um prejuízo enorme - contou indignado o publicitário Márcio Rocha.

A Infraero não descarta a possibilidade de fechar novamente o aeroporto caso a fumaça atrapalhe a visibilidade.

A cada dia, são cem novos focos de incêndio no Tocantins, a maior parte na região da Ilha do Bananal, onde dos quase dois milhões de hectares, 900 mil já foram destruídos pelas chamas.

O Ministério do Meio Ambiente declarou 15 estados em emergência, entre eles, o Tocantins. O Corpo de Bombeiros vai contratar 200 brigadistas para auxiliar nos trabalhos.

- Solicitamos ao Ibama o envio de aeronaves para ajudar no combate, já que existem focos em locais de difícil acesso no Parque Estadual do Lajeado - disse o major Geraldo da Conceição Primo, subcomandante do Corpo de Bombeiros.

O Globo, 10/09/2010, O País, p. 19