As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

O ECO - www.oeco.com.br
07/10/2009
UCs desmatadas em Rondonia

O Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) informou nesta quarta que 51 alertas de desmatamentos forma emitidos em 24 unidades de conservação e terras indígenas em Rondônia. Entre as áreas atingidas, oito eram estaduais, seis federais e 10 terras indígenas do estado. Trata-se de derrubadas ocorridas no segundo semestre de 2008 e meados de agosto de 2009.

A Reserva Extrativista Estadual Rio Jaci-Paraná, em Porto Velho, foi a unidade com maior número de alertas emitidos. Foram seis notas registrando desde pequenos desmatamentos, de três hectares, a maiores, de mais de 100 hectares. Ali 40 mil hectares de floresta já foram colocas abaixo (22% de sua área total). Nas reservas federais foram registradas pequenas aberturas na Flona Jacundá, PARNA Campos Amazônicos, PARNA Serra da Cutia, Resex Lago do Cuniã, Resex Rio Cautário e Resex Rio Ouro Preto.

Dez Terras Indígenas também receberam alertas. Para a TI Roosevelt, em Espigão D'Oeste, foram quatro notificações para desmatamentos que chegaram a 75 hectares e se somam aos mais de 7 mil hectares já desmatados anteriormente.

Segundo comunicado de imprensa do SIPAM, número de áreas especiais atingidas (24) é significativo, considerando que Rondônia tem um total de 75 áreas protegidas, entre terras indígenas e unidades de conservação. Janete Rodrigues, chefe da Divisão de Sensoriamento Remoto do Sipam, destaca que a maioria dos alertas se refere a pequenos desmatamentos. "Fomos bem minuciosos, destacando tudo o que era visualizado, até pequenas áreas menores que um hectare", explica.

Os alertas foram enviados à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental (Sedam),Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Fundação Nacional do Índio (Funai), Ministérios Públicos Federal e Estadual, Polícia Federal e Batalhão da Polícia Ambiental.