O que conhecemos da biodiversidade?

A biodiversidade entendida como na Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB), trata da variabilidade genética, da diversidade de espécies, de ecossistemas e de paisagens. Além disso, trata também das relações entre esses componentes da biodiversidade, ou seja, sua função e sua estrutura. Considerando todos esses elementos, frente à pergunta ‘o que conhecemos da biodiversidade’, a resposta mais correta é: muito pouco. Ou talvez, uma resposta melhor seria não sabemos quanto representa exatamente o que conhecemos.


  / Araquém Alcântara - www.terrabrasilimagens.com.br

Se tratarmos exclusivamente do número de espécies existente no planeta, há apostas que variam de cerca de 8 milhões até 30 milhões. A partir dos anos 1980, as pesquisas com besouros nas florestas tropicais elevaram as expectativas. Hoje, o acesso a áreas antes não pesquisadas como os pólos e as profundezas do mar, também tem feito as estimativas subirem.


  / Araquém Alcântara - www.terrabrasilimagens.com.br

A maior parte das espécies que já foi descrita pelo homem, ou seja, identificada e “batizada”, é constituída de insetos. Das 1,9 milhões de espécies vivas já descritas, cerca de metade são insetos, incluindo 300 mil besouros, e apenas aproximadamente quatro mil são mamíferos, como nós.

Em países tropicais com grande diversidade, como o Brasil, há ainda, a questão da carência de dados, não só devido ao que parece ser uma quase infindável biota mas também devido ao reduzido número de especialistas e regiões de difícil acesso. Estima-se que a biota brasileira corresponda a aproximadamente 13% da biota mundial, e o conhecimento dessas espécies é fundamental para se ter sucesso na conservação e no uso sustentável desse nosso rico patrimônio. Apenas entre os anos de 1978 a 1995, foram descritas no Brasil 7.302 espécies de animais sendo 69% insetos (na verdade, essa estimativa é para um grupo taxonômico denominado metazoário, que congrega a grande parte dos animais, excluindo-se apenas um pequeno grupo pouco conhecido a não ser por especialistas)1.

A tabela abaixo apresenta o número de espécies conhecidas registradas no Brasil e no mundo2. Houve um agrupamento com certa liberdade taxonômica para melhor compreensão por parte dos leitores não especialistas, mas a tabelas originais com seus detalhamentos podem ser acessadas integralmente nas publicações.

Grupo Espécies no Brasil Espécies no mundo
Vírus 310 - 410 3.600
Bactérias 800 - 900 4.300
Fungos 13.090 - 14.510
98.998
Protozoários 7.650 - 10.320
76.100 - 81.300
Plantas 43.020 - 49.520 310.129
Animais total
103.780 - 136.990 1.424.153
*Invertebrados
96.660 - 129.840 1.359.365
*Anfíbios 775
6.515
*Répteis
633 8.734
*Aves 1.696 9.990
*Mamíferos
541 5.487
TOTAL GERAL 168.640 - 212.650 1.800.000-2.000.000
Saiba Mais

Síntese do Conhecimento Atual da Biodiversidade Brasileira. 2005. MMA, por Thomas Lewinsohn.

Avaliação do Conhecimento da Biodiversidade Brasileira. 2005. (MMA), por Thomas Lewinsohn Vol. 1.  e Vol2.

Union for Ethical BioTrade 2010. Biodiversity Barometer 2010. 4p.

Panaroma da Biodiversidade Global 3. Secretariado da Convenção sobre Diversidade Biológica. 2010. Brasília: MMA/Secretaria de Biodiversidade e Florestas, p. 94.

 

Referências

  1. LEWINSOHN, T. M. e PRADO, P. I. K. L.. "Síntese do Conhecimento Atual da Biodiversidade Brasileira'. In:LEWINSOHN, T. M. Avaliação do Conhecimento da Biodiversidade Brasileira. Ministério do Meio Ambiente – MMA, Brasília. 2006. Vol. 1. 269p.
  2. LEWINSOHN, T. M. e PRADO, P. I. K. L.. "Quantas espécies há no Brasil?"'. Megadiversidade. V1, n1. Julho 2005.
  3. CHAPMAN, A. D. et al. Numbers of living species in Australia and the world. Edição 2. 2009.