PARNA Pacaás Novos

Informações gerais

Araquém Alcântara - www.terrabrasilimagens.com.br
Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade
Pacaás Novos
Parque Nacional
Federal
Proteção Integral
764.801 (Decreto - 84.019 - 21/09/1979)
1979
O Parque Nacional Pacaás Novos é uma das maiores Unidades de Conservação do Estado, e encontra-se sobreposto à Terra Indígena Uru-Eu-Wau-Wau. Conta com um grande mosaico de tipos de vegetação com extensas áreas de Cerrado, que se distribuem principalmente nas suas partes mais altas, áreas de formações florestais que se encontram nos vales ou encostas, e ainda, grandes áreas de contato cerrado/floresta. Os objetivos específicos do Parque são de proteger áreas onde se encontram duas espécies raras da família Podocarpeae (Podocarpus raspiliosii e Podocarpus sellovii) de ocorrência restrita na Amazônia, além de proteger uma amostra representativa do ecossistema de transição entre o Cerrado e a Floresta Amazônica. (IBAMA/2003)
GEOMORFOLOGIA E SOLOS
As unidades geomorfológicas de relevo do Parque são os planaltos residuais do guaporé, o pediplano centro-oriental da Amazônia e o planalto dissecado sul da Amazônia. As altitudes, em geral, variam entre 100 e 400 metros, com destaque para o ponto culminante do estado de Rondônia, o Pico do Tracoá (1230 m). Os solos predominantes são o podzólico vermelho-amarelo, o solos litólicos, afloramentos rochosos, terra roxa estruturada, areias quartzosas e latossolos vermelho-amarelos.
HIDROGRAFIA
A UC tem as nascentes de vários rios importantes do estado, com destaque para o Cautário, o Urupá, o São Miguel, o Muqui, o Jamari, o Pacaás Novos, o Jaci-Paraná e o Candeias.
(Fonte: PNUD, PLANAFLORO - Governo do Estado de Rondônia. "As Unidades de Conservação de Rondônia". 1999).

Objetivos: preservar amostra representativa de transição entre o Cerrado e a Floresta Amazônica. Proteger as cerca de duas mil nascentes de três principais sub-bacias do Estado de Rondônia. Contribuir para a integridade do Mosaico Central de Rondônia. Proteger espécies da fauna e da flora ameaçadas de extinção e espécies endêmicas vegetais da família Podocarpaceae. Preservar as belezas cênicas da região, dentre elas o Pico do Tracoá, ponto mais alto do estado, com 1230 m.
Relevo: a área do Parque situa-se no domínio dos Planaltos Residuais do Guaporé. As paisagens de relevo são diversificadas, formadas por colinas com ou sem matacões, chapadas tabulares e relevos residuais (inselbergs) contendo cavernas. A altitude varia entre cem e 1200 metros.
Descrição do solo: arenito pré-cambriano, apresentando diversos tipos de solo: litólicos distróficos com afloramentos rochosos, podzólicos vermelho-amarelo álico, latossolo vermelho amarelo e latossolo vermelho escuro.
Geologia: Vários grupos litológicos: Suíte Amazônica Intrusiva, Formação Nova Floresta e Formação Palmeiral.
Hidrologia: os rios são de leito arenoso, em sua maioria, e seguem o regime pluvial característico da Amazônia. Alguns rios de fundo rochoso e de elevada declividade formam cachoeiras.
Infra-estrutura: não possui portaria, guarita, lanchonete, camping, alojamento, restaurante, laboratório, possuindo apenas residência para funcionários, veículos de tração, embarcação pequena e energia elétrica.
(Fonte: Cadastro Nacional de Unidades de Conservação. www.mma.gov.br. Última atualização: 11/03/2010. Acesso
em: 31/03/2010).

Criado em 1979, o PARNA de Pacaás Novos protege uma área de 7.648 Km2 no centro do Estado. Sua vegetação é marcada por campos e cerrado nas partes mais altas, pequenas florestas nos vales ou encostas, caracterizando-se como áreas de transição entre Cerrado do Centro-Oeste e a Floresta Amazônica. O Parque abriga várias cavidades naturais, como grutas e cavernas, algumas delas repletas de inscrições rupestres. Também protege nascentes dos rios importantes como o Jamari, Jacy Paraná, Jaurú, Urupá, Pacaás Novos e seu afluente, o rio Ouro Preto. Estes rios alimentam outros três maiores e mais importantes, o Madeira, Mamoré e o Guaporé. No Parque, pode-se encontrar ainda mais de 50 cachoeiras e corredeiras. A área de floresta tem grandes árvores como mogno, ipê, sumaúma, castanheira e cedro-rosa. Nos campos predominam os babaçus, cupuazeiros, buritis e pacovas. Esses campos são espécies de corredores para diversas espécies, como antas, catetos, veados, tamanduás, queixadas, macacos-da-noite, bugios, tatu e onças. Ainda se pode ver várias espécies de aves, como tucanos, araras, papagaios e o raro mutum-cavalo.
O Parque, que ainda não tem estrutura de visitação, abriga também a serra do Tracoá, onde está o ponto mais alto do Estado, o pico do Tracoá, com 1.230 m. Há também os imponentes paredões da serra dos Pacaás Novos.
(Fonte: Guia Philips. Amazônia Brasil. Publicado em 10/2001. pp.244 e 245).
Município População (IBGE 2007) População rural (IBGE 2001) População urbana (IBGE 2001) Estado Área do município (ha) Área da UC no município (ha) Porcentagem da UC no município (%)
Alvorada D'Oeste 16485 11286 8546 RO 302.919 102.504 14.42 %
Guajará-Mirim 39451 5010 33035 RO 2.485.565 142.494 20.04 %
Nova Mamoré 21162 7531 7247 RO 1.007.170 32.883 4.62 %
Campo Novo de Rondônia 12455 8463 3000 RO 344.200 62.891 8.84 %
Governador Jorge Teixeira 11432 12403 1558 RO 506.738 98.270 13.82 %
São Miguel do Guaporé 22622 17398 6476 RO 800.787 272.001 38.25 %

Características

Bioma % na UC
Amazônia 100.00
Fitofisionomia (excluídos cursos d'água) % na UC
Savana 26.26
Floresta Ombrófila Aberta 39.01
Floresta Ombrófila Densa 4.80
Contato Savana-Floresta Ombrófila 29.93
Bacia Hidrográfica % na UC
Madeira 100.00

A Assossiação Kanindé tem programas de vigilância e fiscalização da Terra Indígena Uru-eu-wau-wau e do Parque Nacional de Pacaás Novos (RO).

Fotos da área: http://www.ronet.com.br/marrocos/pacaas/pacaas.html

Chefe do PARNA: CARLOS RANGEL DA SILVA (abril/2009)

INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE
PORTARIAS DE 20 DE JUNHO DE 2013
No-246-Designar ANTONIO BATISTA SOUSA MEDEIROS, CPF 433.011.503-49, para exercer os encargos de substituto do Chefe de
unidade de Conservação I, Código DAS-101.2, do Parque Nacional de Pacaás Novos/RO, do Instituto Chico Mendes de Conservação da
Biodiversidade, nos afastamentos, impedimentos legais ou regulamentares do titular e na vacância do cargo.
(DOU 21/06/2013)

INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE
PORTARIAS DE 20 DE JUNHO DE 2013
No-247-Dispensar, a partir de 10 de março de 2013, ANTONIO FLAVIO FILHO, CPF 255.790.886-04, do encargo de substituto do Chefe de Unidade de Conservação I, Código DAS-101.2, do Parque Nacional de Pacaás Novos/RO, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade.
(DOU 21/06/2013)

EXTRATO DE INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO No- 9/2009
N Processo: 02070000943200981 . Objeto: Contratação de empresa para prestação de serviços de fornecimento de energia elétricapara as Unidades de Administrativas do Parque Nacional de Paacas Novos. Total de Itens Licitados: 00002 . Fundamento Legal: Artigo 25, inciso I, da Lei 8.666/93 . Justificativa: Tendo em vista que é fornecedor exclusivo. Declaração de Inexigibilidade em 20/11/2009 . PAULO ROBERTO DE ARAUJO . Coordenador-Geral de Administração e Tecnologiada Informação-Substituto . Ratificação em 20/11/2009 . GUSTAVO COSTA RODRIGUES . Diretor Substituto de Planejamento, Administração e Logística . Valor: R$ 15.328,78 . Contratada CENTRAIS ELETRICAS DE RONDONIA SACERON . Valor: R$
15.328,78
(DOU 26/11/2009)

CONSELHO DE GESTÃO DO PATRIMÔNIO GENÉTICO
EXTRATO DE AUTORIZAÇÃO DE USO
N do processo 02000.002759/2007-37
Interessado Instituto de Pesquisa em Patologias Tropicais
Data da autuação pelo CGEN 20/ 11/ 2007
Assunto Solicitação de autorização para acesso a componente do patrimônio genético para bioprospecção .
Objetivo Obter compostos naturais (previamente purificados e selecionados bioativamente) e/ou proteínas relevantes como rota metabólica específica ou antigênicas de L. amazonensis e P. falciparum e associá-los a sistemas carreadores (lipossomos e/ou sistemas poliméricos) para estudo da prevenção e tratamento destas doenças através de formulação de novas drogas e diagnósticos e imunoativação
Material biológico envolvido Reino Plantae
Localização da área de coleta Estação Ecológca do Cuniã, Parque Nacional Pacaás Novos, Floresta Nacional do Jamari, Parque Natural Municipal \"Parque Ecológico\" e Universidade Federal de Rondônia, no estado de Rondônia.
Remessa Não há previsão de remessa para o exterior
(DOU 15/07/2008, sec.3, pg.83)


Contatos

Chefe da Unidade: Carlos Rangel da Silva
Endereço:
Av. Tancredo Neves, S/N
CEP: 78967-000 - Campo Novo - RO
Tel: (69) 239-2002
Fax: (69) 239-2031

Kanindé - Associação de Defesa Etno-Ambiental
Avenida Dom Pedro II, 1892 - Bairro Nossa Senhora das Graças
CEP: 78901-150 - Porto Velho - RO
Tel: (69) 229-2826
Email: kaninde@kaninde.org.br

Coordenadoria Regional (ICMBio): Carolina Carneiro da Fonseca
Endereço CR: Av. Lauro Sodré 6500 - Bairro Aeroporto
CEP: 76803-260 - Porto Velho/RO


Notícias

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.
Título Data de publicaçãoícone de ordenação
Presidente da AROM diz que EUA deveria compensar regiao amazonica 30/04/2013
ICMBio pede a Policia Federal que investigue incendios criminosos 12/09/2011
Incendios florestais atingem 17 Unidades de Conservacao no pais 31/08/2011
Populacoes das reservas extrativistas poderao ser beneficiarias dos programas da reforma agraria 17/11/2010
Estado de emergencia em Rondonia 09/09/2010
Chuva da tregua nas queimadas, mas agosto e marcado pelo fogo 01/09/2010
Associacao Kaninde tem nova coordenacao em RO em defesa das Terras Indigenas Uru-eu-wau-wau 22/04/2010
Resex do Rio Cautario implementa Plano de Protecao Integrada 15/12/2009
Portaria institui o Plano de Manejo da Resex Baixo Jurua 18/11/2009
BR-429 afeta indigenas isolados na Amazonia 29/09/2009
MPF pede paralisacao de asfaltamento de rodovia no sul de Rondonia 29/09/2009
MPF/RO pede paralisacao das obras da BR-429 28/09/2009
ICMBio garante equipamentos, avioes e brigadistas para combater incendios na temporada de seca 02/07/2009
Por debaixo das copas das arvores 11/09/2008
Chapada Diamantina ainda esta sob alerta vermelho 01/09/2008
Base Sao Francisco da Operacao Guardioes da Amazonia aplica mais de 11 milhoes em multas contra desmatamento ilegal no centro-oeste de RO 06/08/2008
Faltam brigadistas em unidades de conservacao 04/08/2008
Em um ano, terras indigenas e unidades de conservacao tiveram 33,8 mil hectares desmatados 26/06/2008
Sedam planeja criacao do Conselho Consultivo para Mosaico em Guajara Mirim 26/06/2008
Parque Nacional de Pacaas Novos da continuidade a elaboracao do plano de manejo 10/06/2008
Garimpeiros sao presos no Parque Pacaas Novos em Rondonia 12/04/2008
Incendio extinto na Reserva Biologica do Jaru em Rondonia 02/10/2007
Brigadistas conseguem extinguir novos incendios em Unidades de Conservacao 20/09/2007
Desmatamento em Rondonia avanca sobre areas protegidas 14/07/2005
Invasores sao presos e multados no Parque Nacional de Pacaas Novos em operacao conjunta do Ibama, Funai e Policia Milita 17/06/2005
Policia prende 6 no Parque do Pacaas Novos 06/06/2005
Jurureri, uma tribo isolada do mundo e perto da extincao 15/05/2005
Durante operacao com helicoptero, Ibama descobre tribo em Roraima 07/05/2005
Impunidade estimula invasoes na Amazonia 19/01/2005
O Parque Nacional de Pacaas Novos e do Maximo! 09/11/2004
Exposicao dos 25 anos do Parque Pacaas Novos termina nesta terca 21/09/2004
Parque Nacional de Pacaas Novos/RO comemora 25 anos 13/09/2004
Areas ecologicas invalidas 02/12/2003
Madeireiros ameacam matar fiscais do Ibama e da Funai 28/10/2003
Exploracao ilegal de madeira ja preocupa 28/10/2003
Estacao ecologica e areas indigenas estao em alerta amarelo 26/08/2003
Prevfogo combate incendio no Parque Nacional do Araguaia 21/08/2003
Ibama realiza reuniao com invasores do Parna Pacaas Novos 04/04/2003
Parna Pacaas Novos em RO esta sendo invadido 28/03/2003
Florestas federais de Rondonia ameacadas 12/01/2002
Parques Nacionais 05/04/1998
O Brasil que se perde 21/09/1995
Parques nacionais crescem mas continuam nas gavetas 14/01/1990
Mais de 60% dos parques nacionais do Brasil estao fechados 19/05/1988
Demarcacao definitiva aumenta controle do IBDF sobre parques 01/06/1986
Problemas fundiarios ameacam parques nacionais e reservas biologicas 05/05/1981

Sobreposições

Sobreposição Categoria da área sobreposta Porcentagem da sobreposição
Uru-Eu-Wau-Wau TI 99.72

Documentos

Tipo de documento Número Ação do documento Data do documento Data de publicaçãoícone de ordenação Observação Documento na íntegra
Portaria 88 Instrumento de gestão - plano de manejo 16/11/2009 17/11/2009 Aprova a Revisão do Plano de Manejo do Parque Nacional de Pacaás Novos. download PDF
Decreto 98.894 Regularização fundiária 30/01/1990 31/01/1990 A Fundação Nacional do Índio (Funai) promoverá o reestudo dos limites da área indígena URU-EU-WAU-WAU, no Estado de Rondônia, a fim de adequá-la ao disposto no art. 231 e seu § 1 da Constituição. 0 Presidente da Funai promoverá a interdição de área destinada a garantir a vida e o bem-estar dos índios URU-EU-WAU-WAU, nos Municípios de Ariquemes, Costa Marques, Guajará-Mirim, Ouro Preto do Oeste, Presidente Médici e Porto Velho, enquanto não for concluído o processo de delimitação da área referida no artigo anterior. Na execução deste Decreto, serão preservados os limites do Parque Nacional de Pacaás Novos, criado pelo Decreto n 84.019, de 21 de setembro de 1979. Revogam-se o Decreto n 91.416, de 9 de julho de 1985, e demais disposições em contrário.
Decreto 91.416 Outros 09/07/1985 10/07/1985 Declara de ocupação dos indígenas a TI Uru-Eu-Wau-Wau. "Para os fins do Decreto n 84.019, de 21 de setembro de 1979, que cria o Parque Nacional de Pacaás Novos, ora mantido com seus atuais limites, a Fundação Nacional do Índio - FUNAI e o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Florestal - IBDF, firmarão convênio objetivando a preservação das terras indígenas e da área do aludido Parque".
Decreto 84.019 Criação 21/09/1979 21/09/1979 Fica criado, no Território Federal de Rondônia, o Parque Nacional de Pacaás Novos, com uma área de terreno de aproximadamente 764.801 ha para proteger a flora, fauna, belezas naturais e monumentos arqueológicos.

Mapa

Nesta página você poderá acompanhar o avanço de temas como desmatamento, focos de calor e processos minerários incidentes sobre o território específico da UC. A ausência de qualquer uma destas informações significa que o tema não incide na UC.Os focos de calor são atualizados diariamente, para fontes e detalhes das informações, veja nota técnica.
Javascript is required to view this map.

Legenda (Fontes)

    Unidades de Conservação

  • Proteção Integral
  • Uso Sustentável
  • Terras Indígenas

    Focos de calor nas últimas 24 horas

    Energia

    • Energia (UHE, PCH, UTE)

    Cavernas

    Petróleo

  • Development
  • Production
  • Exploration
  • Mineração

  • Requerimentos de pesquisa
  • Autorização de pesquisa
  • Requerimento de lavra garimpeira
  • Concessão de lavra
  • Biomas

  • Amazônia
  • Caatinga
  • Cerrado
  • Mata Atlântica
  • Pampa
  • Pantanal
  • Fitofisionomia

  • Campinarana
  • Contato entre tipos vegetacionais
  • Estepe
  • Floresta estacional decidual
  • Floresta estacional semi-decidual
  • Floresta ombrófila aberta
  • Floresta ombrófila densa
  • Floresta ombrófila mista
  • Formações pioneiras
  • Refúgio ecológico
  • Savana
  • Savana estépica
  • Bacias Hidrogáficas, Nível 1 e 2 (ANA)

    Região Hidrográfica (Nível 1)
  • Amazônica
  • Araguaia / Tocantins
  • Atlântico Leste
  • Atlântico Nordeste Ocidental
  • Atlântico Sudeste
  • Atlântico Sul
  • Paraguai
  • Paraná
  • Parnaíba
  • São Francisco
  • Uruguai
  • Limites Amazônia Legal

    Ramsar

858.06 ha

Imagens


comments powered by Disqus