Encontro pede o fortalecimento de Unidades de Conservação no turismo

G1 - http://g1.globo.com/ - 18/06/2015
Fórum de Turismo no Amapá discute melhorias para o setor no estado.
Projeto do Centro de Convenções do Amapá também foi apresentado.


As 7 Unidades Federais de Conservação (UCs) do Amapá foram tema de uma reunião entre representantes de instituições públicas e privadas do turismo amapaense, nesta quinta-feira (18), no Centro de Macapá. Além de discutir melhorias para as UCs, o encontro apresentou o projeto do Centro de Convenções do estado.

"As visitações e o ecoturismo são objetivos das unidades de conservação e no Amapá não é diferente. Estamos recebendo visitas, apesar de ser em caráter experimental, dessa forma conseguimos provocar a sensibilidade das pessoas para preservação ambiental", falou o chefe do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, Christoph Jaster.

O parque é um dos maiores do país, com mais de 3,8 milhões de hectares. Ele ainda está em fase de experimentação desde 2012. Jaster calcula que desde a abertura do local, cerca de 300 pessoas visitaram a área. A UC está em busca de parcerias com agências de turismo locais e outros empresários para aumentar a quantidade de visitas e oferecer serviços de qualidade.

"O fórum é uma oportunidade que encontramos para fortalecer a cadeia produtiva do estado com relação ao turismo, para que ela se desenvolva de maneira correta", disse a titular da Secretaria de Estado do Turismo, Syntia Lamarão.

O encontro é permanente e realizado a cada 3 meses. A primeira reunião, que aconteceu em março, teve como tema pontos turísticos.

"Após a primeira reunião, iniciamos o projeto para a reforma do Trapiche Eliezer Levy, que foi solicitação das instituições. Além disso, também organizamos o monitoramento dos pontos turísticos por guias de turismo e até de intérpretes", falou Syntia.

Além do Tumucumaque, o estado tem as seguintes UCs: Floresta Nacional (Flona) do Amapá, Parque Nacional do Cabo Orange, Reserva Extrativista do Rio Cajari, Estação Ecológica Maracá-Jipióca, Estação Ecológica do Jari e Reserva Biológica do Lago Piratuba.

Centro de Convenções

Durante a 2ª reunião, a Secretaria de Estado da Infra-Estrutura (Seinf) apresentou o projeto de construção do Centro de Convenções do estado, em Macapá.

"Apresentamos o projeto finalizado que dispõe de um auditório para 1,6 mil pessoas. Além disso também planejamos 4 salas reversíveis que ganham capacidade de 250 até 1 mil pessoas, salão multiuso e um salão de feira para 25 mil pessoas. Estimamos que o orçamento chegue a R$ 50 milhões, mas isto ainda está sendo estudado", falou o arquiteto da Seinf responsável pelo projeto Adailson Bartolomeu.

Segundo ele, o projeto foi planejado em 2014 e ainda está recebendo adaptações. A intenção é que o prédio seja construído no estacionamento da Expofeita, na Rodovia JK, próximo ao distrito de Fazendinha.

"Percebemos que há necessidade de Macapá ter um Centro de Convenções, comparado a outras cidades da região norte. Com um espaço como esse, com certeza o turismo também será valorizado", afirmou Bartolomeu.



http://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/2015/06/encontro-pede-o-fortalecimento-de-unidades-de-conservacao-no-turismo.html
Turismo Ambiental

Related Protected Areas:

Our sites


Visit the other platforms developed by the Protected Areas Monitoring Program of the Instituto Socioambiental.

Support


This platform would not be possible without the help of our supporters.

Gordon and Betty Moore Foundation
 
© Todos os direitos reservados. Para reprodução de trechos de textos é necessário citar o autor (quando houver) e o site (Unidades de Conservação no Brasil/Instituto Socioambiental - https://uc.socioambiental.org) e data de acesso. A reprodução de fotos e ilustrações não é permitida. Entre em contato para solicitações comerciais de uso do conteúdo.