RESEX Mapuá inicia Projeto Cartas Amigas

Marajó online - http://www.marajoonline.com.br - 20/06/2012
Os estudantes da Reserva Extrativista Mapuá, município de Breves, na Ilha de Marajó (PA), estão participando do Projeto Cartas Amigas,projeto elaborado em parceria com a ONG Francesa de solidariedade internacional - Association Enfants d'Amazonie AEDA (mais conhecida no Brasil como "Crianças da Amazônia") para fortalecer os trabalhos de cooperação que visam a melhoria da educação das populações marajoaras.

O "Projeto Cartas Amigas" , entitulado na França como "Mes amis de l'au-delà" está sendo realizado pela Associação da Casa Familiar Rural (CFR), que fica na RESEX Mapuá, e conta com apoio da Prefeitura Municipal de Breves, Secretaria Municipal de Educação (SEMED), Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA), Escola Municipal de Educação Fundamental (EMEF) Justino Costa e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBIO).

De acordo com a Srª Carla Cristina Daher, Presidente executiva da AEDA, o Projeto "Cartas Amigas" vai de encontro ao lema da República Francesa - Liberdade, Igualdade e Fraternidade, pois nasceu justamente da proposta de fortalecer os laços entre os moradores da Ilha de Marajó que serão beneficiados pelos trabalhos da nossa ONG com sede na capital francesa, Paris, e que conta também com a colaboração de pessoas da comunidade brasileira. Essa troca visa o enriquecimento cultural de ambas as nacionalidades e sobretudo faz com que as crianças francesas aprendam sobre o grande valor do caboclo.

Pouca gente sabe, mas a maioria da população que vive no arquipélago do Marajó, o que inclui milhares de famílias que moram em comunidades distantes das cidades, não tem acesso aos serviços de telefonia e a internet. Assim, ainda hoje nessa belíssima região da Amazônia as Cartas são importantes como meio de comunicação entre os moradores de diferentes comunidades e para troca de informações com as pessoas que vivem nas cidades.

Para o professor Adjalma Ramos, coordenador pedagógico da CFR, "essa atividade permitiu um conhecimento melhor da realidade de cada aluno, pois ao escreverem essas Cartas eles expressaram um pouco da sua vida pessoal e familiar, o que permitiu também que nós, educadores, observássemos a necessidade de investirmos mais para suprir deficiências de ortografia, gramática, entre outros aspectos do aprendizado da língua portuguesa".

"Além do valor pedagógico de fortalecer a prática da leitura e da escrita, essa atividade tem a função de promover intercâmbio entre crianças, adolescentes e jovens desses dois países. É certo que esse trabalho tem valores ainda maiores, pois é uma forma alegre e envolvente de estimular a importância da solidariedade, respeito ao próximo e incentivar o amor entre os povos", destaca prof. Adjalma Ramos.



http://www.marajoonline.com.br/2012/06/resex-mapua-inicia-projeto-cartas.html
UC:Reserva Extrativista

Related Protected Areas:

  • UC Mapuá
  •  

    As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.

Our sites


Visit the other platforms developed by the Protected Areas Monitoring Program of the Instituto Socioambiental.

Support


This platform would not be possible without the help of our supporters.

Gordon and Betty Moore Foundation
 
© Todos os direitos reservados. Para reprodução de trechos de textos é necessário citar o autor (quando houver) e o site (Unidades de Conservação no Brasil/Instituto Socioambiental - https://uc.socioambiental.org) e data de acesso. A reprodução de fotos e ilustrações não é permitida. Entre em contato para solicitações comerciais de uso do conteúdo.