Mais de 32 famílias recebem o direito à posse da terra no Marajó

Vermelho - 22/03/2013
Com a decisão judicial a favor da União, as famílias ganham de vez o direito de utilizar os espaços da União para garantir seu sustento e moradia, pois a maioria delas vive do agro extrativismo para garantir sua sobrevivência.

Segundo Lélio Costa, Superintendente do Patrimônio da União, o governo federal, por meio desta ação, busca garantir o direito à cidadania e ao mesmo tempo resgata a dignidade dessas famílias ribeirinhas que eram exploradas por supostos proprietários.

"Estamos levando o estado para localidades de difícil acesso em favor da população mais pobre do Marajó, populações tradicionais que historicamente eram esquecidas" Afirmou Costa.

Em Muaná, 20 famílias ganharam o direito ao uso sustentável dos açaizais do município, que eram indevidamente exploradas pela empresa exportadora de palmito, que cortavam grandes áreas deixando a população sem sua fonte de renda. Já em São Sebastião da Boa Vista, os moradores das áreas ribeirinhas eram impedidos até de pescar.

A ação teve início na tarde desta quarta-feira (20) e vai até o domingo (24), com a participação da Policia Federal, Tribunal de Justiça Federal e Estadual, Policia Civil e Militar do Pará, coordenado pela Superintendência do Patrimônio da União.



http://marajoonline.com.br/index.php/mais-de-32-familias-recebem-direito-a-posse-da-terra-marajo/
Amazônia:Políticas de Desenvolvimento Regional

Related Protected Areas:

  • UC Arquipélago do Marajó
  •  

    As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.

Our sites


Visit the other platforms developed by the Protected Areas Monitoring Program of the Instituto Socioambiental.

Support


This platform would not be possible without the help of our supporters.

Gordon and Betty Moore Foundation
 
© Todos os direitos reservados. Para reprodução de trechos de textos é necessário citar o autor (quando houver) e o site (Unidades de Conservação no Brasil/Instituto Socioambiental - https://uc.socioambiental.org) e data de acesso. A reprodução de fotos e ilustrações não é permitida. Entre em contato para solicitações comerciais de uso do conteúdo.