Ideflor-Bio e comunidade discutirão recategorização do Parque Estadual do Charapucu

Agência Pará - http://www.agenciapara.com.br - 28/05/2015
De 13 a 17 de julho, a equipe da Gerência Região Administrativa Marajó, do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-Bio) promoverá uma série de reuniões junto a comunidades do município de Afuá com o objetivo de levar informações a respeito da possibilidade de redução, recategorização e requalificação do Parque Estadual Charapucu, incluindo a proposta dos novos limites da Unidade de Conservação. A equipe é responsável pela gestão do Parque Estadual Charapucu e APA Marajó.

Segundo Maria Bentes, gerente da Região Administrativa Marajó, durante as reuniões serão levantadas as áreas que são utilizadas pelas comunidades e o uso mais comuns dos recursos naturais, de forma a direcionar futuros projetos. "As reuniões nas comunidades serão abertas a todos os moradores que se encontram na área do Parque. É muito importante a presença de cada um, pois somente com a junção de esforços encontraremos soluções que garantam a melhoria da qualidade de vida das famílias", ressalta a gerente.

As reuniões começam no dia 14 de junho, pela comunidade Nova Jerusalém, e incluem os moradores de comunidades próximas (Panacalhau, Medonho, Santana, Timbó). A segunda reunião está marcada para o dia 15 de junho, na comunidade Nova Aliança, incluindo moradores das proximidades (Rio Preto, Ipixuna, Jurará, Nossa Sra de Fátima); e a terceira reunião acontecerá no dia 16 de junho, na comunidade Nossa Sra. de Nazaré, incluindo moradores do entorno (Rio Taperebá, Mocambo, Cajari, e Aningalinho). O último encontro será no dia 17 de junho, com a reunião de todos os membros do Conselho Gestor da Unidade de Conservação, às 16 horas, na sede da Secretaria de Meio Ambiente de Afuá.



http://www.agenciapara.com.br/noticia.asp?id_ver=112965

UC:Parque

Related Protected Areas:

  • UC Arquipélago do Marajó
  • UC Charapucu
  •  

    As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.

Our sites


Visit the other platforms developed by the Protected Areas Monitoring Program of the Instituto Socioambiental.

Support


This platform would not be possible without the help of our supporters.

Gordon and Betty Moore Foundation
 
© Todos os direitos reservados. Para reprodução de trechos de textos é necessário citar o autor (quando houver) e o site (Unidades de Conservação no Brasil/Instituto Socioambiental - https://uc.socioambiental.org) e data de acesso. A reprodução de fotos e ilustrações não é permitida. Entre em contato para solicitações comerciais de uso do conteúdo.