As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

ICMBio - www.icmbio.gov.br
09/10/2009
ICMBio forma neste sabado 175 novos analistas ambientais

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) promove neste sábado (10), a partir das 10h, a solenidade de formatura de mais 175 analistas ambientais. É a primeira turma formada pela Academia Nacional de Biodiversidade (Acadebio), criada pela direção do Instituto há pouco mais de um mês para capacitar seus servidores. A Acadebio tem sede na Floresta Nacional de Ipanema, em Iperó (SP).

De acordo com a programação, às 10h, o presidente do ICMBio, Rômulo Mello, terá um encontro com os servidores. Às 16h30, será feita a entrega dos certificados de conclusão do curso e juramento. Os dois eventos serão no auditório da academia. Já à noite, a partir das 20h, ocorrerá o jantar de formatura, na Casa das Armas Brancas, no sítio histórico-cultural da Real Fábrica de Ferro de Ipanema, que fica dentro da Flona.

Durante um mês os analistas ambientais recém concursados tiveram aulas de legislação ambiental, conhecimento sobre gestão de unidades de conservação federais, além de passar por uma formação em fiscalização, saindo habilitados como fiscais do Instituto.

A partir dessa formação a eles competirá, entre outras coisas, monitorar as unidades de conservação e suas zonas de amortecimento, definir tecnicamente o ordenamento dos recursos florestais e pesqueiros, conservar os ecossistemas e as espécies neles inseridas, definindo como se dará o manejo e a proteção dessas espécies. Os analistas promoverão, ainda, o estímulo e difusão de tecnologias, informação e educação ambiental nas comunidades circunvizinhas às UCs.

Os 175 novos analistas ambientais foram aprovados para trabalhar na Amazônia Legal, desenvolvendo suas funções nas 117 unidades de conservação existentes na região. Juntas, as UCs da Amazônia somam 61,8 milhões de hectares em áreas protegidas - o equivalente a 79% do total de 77,8 milhões de hectares geridos pela autarquia e a 780 mil quilômetros quadrados em todo o país.

O Instituto Chico Mendes administra atualmente 304 unidades de conservação, classificadas em 12 categorias de manejo, divididas em dois grandes grupos - proteção integral e uso sustentável. Criado pela Lei 11.516, de 28 de agosto de 2007, o ICMBio incorporou patrimônio e servidores antes pertencentes ao Ibama.

Autarquia federal vinculada ao Ministério do Meio Ambiente e integrante do Sistema Nacional de Meio Ambiente (Sisnama), o ICMBio executa a política de conservação da biodiversidade e as ações voltadas à gestão das unidades de conservação federais e suas zonas de amortecimento.

A carreira de especialista em meio ambiente foi criada pela Lei 10.410, de 11 de janeiro de 2002, abrangendo os cargos de pessoal do Ministério do Meio Ambiente, do Ibama e do ICMBio. Toda a formação acadêmica de nível superior permite que se ingresse na carreira de especialista em meio ambiente, por meio de concurso.

Flona de Ipanema/SP - (15) 3459-9220 / 9706-9056
Ascom/ICMBio - (61) 3341-9290