As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

Associacao Mineira de Defesa do Meio Ambiente - http://www.amda.org.br/
18/03/2015
Mais de 500 litros de oleo atingem area de protecao ambiental em Angra dos Reis

Vazamento ocorreu durante operação da Transpetro, que será multada em R$ 2,38 milhões

Nesta segunda-feira (16), 560 litros de óleo atingiram a Baía da Ilha Grande, dentro da Área de Proteção Ambiental (APA) Tamoios, em Angra dos Reis, litoral sul do Rio de Janeiro. O vazamento ocorreu durante operação de transferência entre navios no pier do terminal marítimo da Transpetro, divisão para transporte e logística de óleos e combustíveis da Petrobras. O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) vai autuar e multar a Transpetro em R$ 2,38 milhões.

De acordo com informações do Inea, o acidente aconteceu em uma operação de transferência de óleo cru entre duas embarcações atracadas no píer, o Gothenburg, que trazia óleo de uma plataforma de Macaé, e o Buena Suerte, que levaria o produto para o exterior. Um dos tanques de lastro do Gothenburg, que deveria conter apenas água, estava contaminado com óleo, que vazou para o mar.

Serão emitidos dois autos de infração em nome das empresas da Transpetro que administram a frota de embarcações, responsável pelo navio em que ocorreu o vazamento e pelo terminal marítimo de Angra. Cada multa foi fixada em R$ 1,19 milhão. No cálculo, foram levados em conta agravantes como a ocorrência em área protegida e também atenuantes, como o trabalho de contenção e retirada do óleo.

As empresas deverão apresentar relatórios completos sobre as causas do acidente e as medidas tomadas para a limpeza e recuperação das áreas atingidas. Ainda segundo o Inea, o Serviço de Operações de Emergência (Sopea) e a Superintendência Regional Baía de Ilha Grande do órgão estão supervisionando a operação de contenção e retirada do óleo que ainda resta nas imediações do terminal.

http://www.amda.org.br/?string=interna-noticia&cod=7227