As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

G1 - http://g1.globo.com/
03/04/2017
Reaberta estrada que leva a parte alta do Parque Nacional do Itatiaia, RJ

Ela estava interditada há alguns meses para passagem de veículos.
Motivo é a reprodução do sapo flamenguinho, símbolo da reserva ambiental.

Foi reaberta durante o fim de semana a estrada da parte alta do Parque Nacional do Itatiaia, no Sul do RJ. Ela liga a entrada do parque ao abrigo rebouças, na parte alta da reserva. Apenas pedestres estavam podendo passar. Agora, a passagem de veículos também está permitida.

Ela estava interditada há alguns meses por causa da reprodução do sapo flamenguinho, que utiliza, principalmente, as poças de água que se formam ao longo do caminho para reprodução.

O sapo flamenguinho é o símbolo do Parque Nacional do Itatiaia. Não é à toa. Ele só existe por lá, não adianta procurar em outro lugar. O que torna ainda mais importante o trabalho de preservação da espécie. No acasalamento, por exemplo, macho e fêmea ficam pelo menos 24 horas abraçados.

Área de 28 mil hectares
O Parque Nacional do Itatiaia foi criado em junho de 1937 e foi o primeiro parque nacional do país, de acordo com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que administra o local.

Inicialmente abrangendo uma área de aproximadamente 12 mil hectares, o parque foi ampliado para 28 mil hectares em setembro de 1982. Ele é caracterizado por montanhas e rochas, sendo o Pico das Agulhas Negras o ponto mais alto, com altitude de 2.790m.

Para entrar na unidade é necessário pagar um ingresso que varia entre R$ 3 (para moradores do entorno) e R$ 32 (público em geral). Mais informações clique aqui.

http://g1.globo.com/rj/sul-do-rio-costa-verde/noticia/2017/04/reaberta-e...