Parque do Cocó recebe replantio de mudas como parte da Semana Anual da Árvore

Governo do Estado do Ceará - http://www.ceara.gov.br/ - 28/03/2014
O Governo do Estado, por meio do Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente (Conpam), fará o replantio de 80 mudas em áreas degradadas do Parque do Cocó a partir desta sexta-feira (28). Esta ação faz parte da programação da Semana Anual da Árvore, que prossegue até sábado (29), e contará com a presença do presidente do conselho, Bruno Menezes. As mudas fazem parte do plano compensatório executado pela Secretaria de Infraestrutura de Fortaleza (Seinfra), que prevê o plantio de 399 árvores nativas no Parque.

Ainda como parte da programação desta sexta-feira, acontece a visita ao orquidário do Jardim Botânico de São Gonçalo do Amarante, depois um passeio pelas trilhas, concluindo com o plantio de algumas mudas feita pelos alunos sob a coordenação das Orientadoras das Unidades de Conservação - Estação Ecológica e Apa do Pecém, professores e diretores das escolas participantes e Prefeitura Municipal.

Trilha no Parque Botânico fecha Semana Anual da Árvore

Fechando a programação da Semana Anual da Árvore desenvolvida pelo Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente (Conpam), através de suas Unidades de Conservação ou das parcerias com duas dezenas de municípios, o Parque Botânico do Ceará realiza também no sábado (29), às 14 horas, uma trilha guiada, da qual participará o agrônomo e botânico Antônio Sérgio, do Movimento Pró-Árvore. A orientadora Taciana Caracas explica que a caminhada levará umas 2 horas e sugere que quem for use vestimenta adequada para trilha - camisas e blusas de mangas longas, calça comprida,sapato fechado, chapéu e repelente.



http://www.ceara.gov.br/sala-de-imprensa/noticias/10389-parque-do-coco-recebe-replantio-de-mudas-como-parte-da-semana-anual-da-arvore
UC:APA

Unidades de Conservação relacionadas

  • UC Rio Cocó
  • UC Pecém (APA)
  • UC Pecém
  •  

    As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.