As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

O Rio Branco - http://www.oriobranco.net/
05/03/2014
Defesa Civil busca alternativas para tirar regiao de Guajara do isolamento

A Defesa Civil Estadual concentra suas ações na busca por uma rota alternativa que possa permitir a passagem de veículos transportando gêneros alimentícios e combustível para a região da BR-425, onde estão localizadas as cidades de Nova Mamoré e Guajará Mirim, que ficaram totalmente isoladas via terrestre.

Segundo informou o coordenador estadual, coronel Lioberto Caetano, a situação voltou a ficar preocupante, depois que o Ministério Público Federal (MPF) recomendou a retirada das máquinas do DER, que atuavam no apoio na BR-421, que vinha sendo usada como rota alternativa para abastecer essas cidades. Segundo o MPF, índios poderiam ser prejudicados, uma vez que a rota alternativa invadiria áreas de reservas indígenas e o Parque Estadual de Guajará-Mirim.

Pelo que explicou o coronel, a tarefa agora é encontrar em caráter de urgência uma rota que suporte a passagem de caminhões, porque a população começa a sentir os efeitos do desabastecimento. "A situação mais preocupante no momento é a criação de uma rota alternativa para Guajará. Estamos trabalhando em cima disso, mas claro, mantendo todas as demais ações de apoio as famílias desabrigadas. O DER retirou as máquinas de lá por recomendação do Ministério Público Federal e estamos procurando uma solução", disse Caetano.

O coronel ainda informou que as previsões meteorológicas, apontam para um quadro de estabilidade, com o nível do Rio Madeira se mantendo próximo a cota atual, porém, alerta ele, esse quadro não é bom, uma vez que a primeira vazante deve ocorrer somente em um prazo de trinta dias.

http://www.oriobranco.net/eventos/36759-defesa-civil-busca-alternativas-...