As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

IBAMA
07/03/2008
Ibama apreende 116 jabutis em operacao Corujao no Alto Jurua/AC

Fiscais do Ibama em Cruzeiro do Sul e policiais da Companhia de Operações Especiais - COE -, aprenderam 116 jabutis, uma motosserra, seis canoas, um motor de popa, 50 quilos de carnes de caça e 08 trouxas de pasta base de cocaína.

A operação denominada Corujão teve como principal objetivo coibir a comercialização e o transporte ilegal de animais silvestres. Durante seis dias, Ibama e COE, realizaram barreiras noturnas na região onde ficam localizadas as unidades de conservação federal que inclui o Parque Nacional da Serra do Divisor e a Reserva Extrativista do Alto Juruá.

De acordo com o chefe do Escritório Regional do Ibama em Cruzeiro do Sul, Márcio Venício, o maior êxito da operação foi o trabalho de investigação feito pelos agentes e a parceria com a comunidade. "Sem a colaboração da comunidade, que é a que mais se prejudica com a prática do ilícito, seria muito mais difícil o combate a esses criminosos," disse.

O que mais surpreendeu a equipe foi ver filhos de caçadores passando fome, enquanto carnes de caça e jabutis estavam escondidos, esperando marreteiros atravessadores para serem comercializados.

Segundo Fernando Maia, Analista Ambiental e fiscal do Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio) a tendência é aumentar as fiscalizações dentro das Unidades de Conservação existentes na região. "A partir de agora é tolerância zero com os infratores, já que todos estão cientes de que o crime ambiental prejudica as comunidades e provoca um consumo insustentável," falou.

A expectativa é que as operações realizadas pelo Ibama e o ICMBio irão cada vez mais se intensificar na região. (Ibama)