As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

ICMBio - www.icmbio.gov.br
29/01/2009
Gestao Integrada Cunia-Jacunda define acoes para 2009

As Unidades de Conservação (UCs) da Gestão Integrada Cuniã-Jacundá, que incluem a Estação Ecológica (Esec) de Cuniã, Reserva Extrativista (Resex) do Lago do Cuniã e Floresta Nacional (Flona) de Jacundá, realizaram em parceria com a Organização Não Governamental (ONG) WWF, 19 Oficinas Comunitárias de Planejamento Participativo nas comunidades localizadas no entorno das UCs.

O objetivo das oficinas foi identificar as áreas utilizadas pelos comunitários e as com potencial para implantação de programas específicos de manejo, seja voltado para conservação ou para uso próprio. A partir dessas informações, será elaborado o Plano de Manejo de cada unidade.

Segundo o chefe da Flona de Jacundá, Júlio Rosa, as três UCs da gestão integrada possuem várias comunidades tradicionais, que habitam o seu entorno e utilizam os igarapés e lagos da região para a pesca e a floresta para o extrativismo do açaí, da castanha do Brasil, dos cipós e de diversas outras essências.

"Além do uso que fazem, essas populações também possuem conhecimentos importantes das potencialidades existente nas unidades. Assim, entendemos que elas devem ser ouvidas, para que possamos definir programas de manejo específicos para trabalhar junto às UCs", afirmou Rosa.

Em fevereiro a equipe da Gestão Integrada se reunirá para fechar o planejamento de 2009. Algumas atividades já estão definidas para este ano, como por exemplo, concluir a elaboração dos planos de manejo, realizar as reuniões ordinária dos conselhos gestores e a contratação de brigadistas.

Além dessas, outras atividades específicas por unidade merecem destaque, como a implantação da infra-estrutura na Resex Cuniã para o abate do jacaré. A previsão é que este ano seja abatido 120 animais, conforme previsto no Projeto de Manejo de Crocodilianos da reserva.

Já a Estação Ecológica de Cuniã irá desenvolver pesquisas científicas na unidade, por meio do Programa de Pesquisa em Biodiversidade (PPBio).

Para a Flona de Jacundá, está previsto o início do processo de concessão florestal conforme previsto no Plano Anual de Outorga Florestal (PAOF/2009). Para isso, no entanto, é preciso concluir o plano de manejo da unidade.