As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

ICMBio - http://www.icmbio.gov.br/
10/06/2016
Tocha flutua nas aguas da APA do Delta do Parnaiba

Área de preservação ambiental no Piauí é a sexta unidade de conservação gerida pelo ICMBio a receber o símbolo dos Jogos Olímpicos Rio 2016

A tocha olímpica dos Jogos Rio 2016, que percorre o país, flutuou nesta quinta-feira (9), à tarde, nas águas do rio Parnaíba, mais precisamente no interior da Área de Proteção Ambiental (APA) do Delta do Parnaíba, administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), no Piauí.

Nesta sexta (10), ela passará pelo Parque Nacional de Sete Cidades, na cidade de Pirarucura, a pouco mais de 100 quilômetros de Parnaíba, outra unidade de conservação gerida pelo Instituto Chico Mendes.A tocha foi conduzida pelo major Rivelino Moura, do Corpo de Bombeiros, num barco da Marinha até o Morro Branco, num trecho de pouco mais de um quilômetro pelo leito do rio. No alto das dunas, ela foi passada para as mãos do condutor de visitantes Pedro Holandês, que atua na APA como guia turístico há mais de dez anos.

"É uma emoção muito grande, principalmente, porque, com isso, estamos ajudando a divulgar a APA e a necessidade da preservação de sua riqueza natural, das tartarugas marinhas, do peixe-boi, enfim, de toda a sua fauna e flora, de sua paisagem que encanta a todos que a visitam", disse ele.

O embarque ocorreu pouco depois das 16h no Porto dos Tatus, no munícipio de Ilha Grande, que fica totalmente dentro da APA. Outras embarcações se juntaram ao barco da Marinha que conduzia a tocha. Centenas de pessoas, entre elas, alunos das escolas públicas da região, concentram-se no cais para assistir a partida do cortejo náutico.

Ao final da passagem da tocha pela APA, quando o sol já se punha, foi iniciado outro circuito do revezamento, desta vez no centro de Parnaíba. A chama símbolo dos Jogos Olímpicos Rio 2016 saiu do Shopping das Dunas e percorreu cerca de 14 quilômetros pelas ruas do centro da cidade.Um dos 80 condutores nesse percurso foi o conselheiro da APA do Delta do Parnaíba e secretário de Turismo de Ilha Grande, Adilson Castro. De origem humilde, o ex-catador de caranguejo na infância, que virou condutor de visitantes anos depois na APA, tornou-se bacharel em Turismo e hoje, além de gestor público, é um ferrenho defensor da unidade de conservação.

"Foi vivendo na APA do Delta que aprendi tudo na vida, desde a importância de estudar, no contato com os visitantes, como a necessidade de manter a natureza preservada. O meio ambiente equilibrado garante a qualidade de vida das pessoas e, se utilizado de forma sustentável, pode ser fonte de renda para muita gente", disse Castro.

Ele é um dos mais ativos membros do conselho consultivo da APA. Sempre que pode, se faz presente nas reuniões. Agora mesmo, está empenhado, junto com a chefia da unidade e a Coordenação Regional 5 do ICMBio, que fica em Parnaíba, na campanha para evitar o fluxo de veículos nas praias, dunas e áreas mais sensíveis do Delta do Parnaíba.

A campanha "Não ande na contramão do ambiente, veículos na praia não!" foi lançada pelo ICMBio e parceiros, com apoio do Ministério Público. A ideia é conscientizar as pessoas sobre os danos que esse tipo de prática, muito comum na região, causa à biodiversidade, à segurança dos banhistas e, consequentemente, à atividade turística na região.A APA do Delta do Parnaíba é a sexta unidade de conservação (UC) gerida pelo ICMBio a receber a tocha. Antes, o fogo olímpico já desfilou pelo Parque Nacional de Brasília (DF), no início do revezamento, no dia 3 de maio, Parque Nacional Histórico do Monte Pascoal (BA), 19 de maio, Parque Nacional da Chapada Diamantina (BA), 23 de maio, Parque Nacional Marinho e APA de Fernando de Noronha, 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente.

Depois de passar nesta sexta pelo Parque Nacional de Sete Cidades, ainda no Piauí, ela descerá de helicóptero na próxima segunda-feira (13), no Parque Nacional dos Lencóis Maranhenses, no Maranhão. Antes de chegar ao Parque Nacional da Tijuca, no Rio, no dia 4 de agosto, para a solenidade de abertura das Olimpíadas 2016, no dia seguinte, ela passará ainda pelos parques nacionais da Chapada dos Guimarães, no Mato Grosso, e do Iguaçu, no Paraná.

Assim, no seu périplo por mais de 300 cidades brasileiras, a tocha terá percorrido 12 unidades de conservação (UCs) federais - um reconhecimento da importância das UCs não só para a conservação da natureza e a melhoria da qualidade de vida das pessoas, mas também para a imagem do País.

http://www.icmbio.gov.br/portal/ultimas-noticias/20-geral/7971-ocha-flut...