Área de Proteção Ambiental Sul RMBH

Área 163.000,00ha.
Document area Decreto - 35.624 - 08/06/1994
Legal Jurisdiction Domínio Mata Atlântica
Año de creación 1994
Grupo Uso Sustentável
Responsible instance Estadual
Mosaics Serra do Espinhaço - Quadrilátero Ferrífero

Mapa

Municipios

Municipio(s) en que incide(n) la Unidad de Conservación y algunas de sus características

Municipios - APA Sul RMBH

# UF Municipality Población (IBGE 2018) Población no urbana (IBGE 2010) Población urbana (IBGE 2010) Área do Município (ha) (IBGE 2017) Área de la UC en municipio (ha) Área de la UC en municipio (%)
1 MG Barão de Cocais 32.319 2.656 25.786 34.058,50 339,66
0,21 %
2 MG Belo Horizonte 2.501.576 0 2.375.151 33.140,10 3.192,48
1,94 %
3 MG Brumadinho 39.520 5.330 28.643 63.943,40 17.861,37
10,84 %
4 MG Caeté 44.377 5.314 35.436 54.253,10 3.901,81
2,37 %
5 MG Catas Altas 5.330 606 4.240 24.004,20 7.505,56
4,56 %
6 MG Ibirité 179.015 366 158.588 7.257,30 1.758,96
1,07 %
7 MG Itabirito 51.281 1.882 43.567 54.260,90 26.366,39
16,01 %
8 MG Mário Campos 15.207 733 12.459 3.519,60 1.128,66
0,69 %
9 MG Nova Lima 93.577 1.766 79.232 42.900,40 39.409,07
23,93 %
10 MG Raposos 16.277 790 14.552 7.222,80 3.882,28
2,36 %
11 MG Rio Acima 10.203 1.146 7.944 22.981,20 23.095,98
14,02 %
12 MG Santa Bárbara 30.807 3.083 24.793 68.406,00 34.007,59
20,65 %
13 MG Sarzedo 32.069 281 25.533 6.213,40 2.253,49
1,37 %

Ambiente

Vegetación

Vegetación (cursos de agua excluidos) % en la UC
Floresta Estacional Semidecidual 82,65
Savana 17,35

Cuencas hidrográficas

Cuenca hidrográfica % en la UC
Doce 25,57
Sao Francisco Alto 74,43

Biomas

Bioma % en la UC
Mata Atlântica 100,00

Gestión

  • Management Agency: (SEMAD-MG) Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais

Documentos jurídicos

Documentos jurídicos - APA Sul RMBH

Tipo de documento Número Acción del documento Fecha del documento Fecha de publicación Observación Descargar
Decreto 35.624 Criação 08/06/1994 09/06/1994 O Governador do Estado de Minas Gerais declara como Área de Proteção Ambiental a Região Metropolitana de Belo Horizonte, com o objetivo de proteger e conservar os sistemas naturais essenciais à biodiversidade, especialmente os recursos hídricos necessários ao abastecimento da população da Região Metropolitana de Belo Horizonte e áreas adjacentes, com vista à melhoria da qualidade de vida da população local, à proteção dos ecossistemas e ao desenvolvimento sustentado. (A0D 00114)  
Decreto 37.812 Outros 08/03/1996 Altera dispositivos de decreto 35.624 de 08/06/94, alterando a redação dos Artigos 4° e 5° no que tange à gestão da APA. -
Lei 13.960 Outros 26/07/2001 27/07/2001 Sob a denominação de Área de Proteção Ambiental Sul Região Metropolitana de Belo Horizonte - APA Sul RMBH -, fica declarada área de proteção ambiental a região situada nos Municípios de Barão de Cocais, Belo Horizonte, Brumadinho, Caeté, Catas Altas, Ibirité, Itabirito, Mário Campos, Nova Lima, Raposos, Rio Acima, Santa Bárbara e Sarzedo, com a delimitação geográfica constante no anexo desta Lei. A declaração de que trata o artigo anterior tem por objetivo proteger e conservar os sistemas naturais essenciais à biodiversidade, especialmente os recursos hídricos necessários ao abastecimento da população da Região Metropolitana de Belo Horizonte e das áreas adjacentes, com vistas à melhoria da qualidade de vida da população local, à proteção dos ecossistemas e ao desenvolvimento sustentado. -

Superposición

Conozca las superposiciones dentre la Unidad de COnservación con otras Áreas Protegidas

Área Protegida Área sobreposta à UC (ha) Porcentagem da sobreposição
PARNA Serra do Gandarela 27.786,00 ha 16,87%

Não há informações no mapa sobre UCs sobrepostas que não se enquadram no SNUC (Sistema Nacional de Unidade de Conservação).

Noticias

Total del 29 noticias acerca the protected area APA Sul RMBH en banco de datos RSS

Acceder todas las noticias acerca de esa área protegida

 

As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.