APA Cananéia - Iguape - Peruíbe

Informações gerais

Cananéia - Iguape - Peruíbe
Área de Proteção Ambiental
Federal
Uso Sustentável
202.832 (Decreto - 90.347 - 23/10/1984)
1984
Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade
Consultivo
2004
Javascript is required to view this map.

Município(s) no(s) qual(is) incide a Unidade de Conservação e algumas de suas características

Município População (IBGE 2007) População rural (IBGE 2001) População urbana (IBGE 2001) Estado Área do município (ha) Área da UC no município (ha) Porcentagem da UC no município (%)
Cananéia 12039 2094 10204 SP 124.201 74.941 34.71 %
Iguape 28977 5493 21934 SP 198.092 99.911 46.27 %
Ilha Comprida 8875 6704 SP 18.853 1.058 0.49 %
Itariri 15115 6413 7445 SP 27.278 20.187 9.35 %
Miracatu 22796 11471 10912 SP 100.074 7.605 3.52 %
Peruíbe 54457 1081 50370 SP 32.621 11.576 5.36 %

Pressões e ameaças

O desmatamento, as queimadas e a mineração industrial, são algumas das pressões que mais ameaçam as Unidades de Conservação. Veja abaixo dados atualizados sobre essas pressões nesta UC; para uma visualização comparativa entre as UCs mais desmatadas na Amazônia Legal, acesse o ranking dinâmico.

Para detalhes sobre a obtenção dos dados, acesse nossa nota técnica.


Características

Características

A Área de Proteção Ambiental Cananéia-Iguape-Peruíbe (APA CIP) é uma Unidade de Conservação que visa compatibilizar as atividades humanas com o uso sustentável do ambiente. Está localizada no litoral Sul do Estado de São Paulo, na região do Vale do Ribeira, que abriga a maior porção contínua e mais preservada de Mata Atlântica que ainda resta no Brasil.
Na APA CIP insere-se o complexo estuarino-lagunar de Iguape-Paranaguá, que tem como eixo as cidades históricas de Iguape e Cananéia, no Estado de São Paulo, e Guaraqueçaba, no Estado do Paraná, com importância e significado em escala mundial.
A região obteve reconhecimento pela Unesco (Órgão da ONU para a Educação, Ciência e Cultura) como parte da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica pela sua relevância para a conservação do meio ambiente, o conhecimento científico e a preservação de valores humanos e do saber tradicional na busca de modelos de desenvolvimento sustentável, que atendam da melhor forma possível as necessidades atuais e futuras do homem em consonância com o ambiente e a diversidade biológica. Desde 2000 a região integra a lista mundial de Sítios do Patrimônio Natural da Humanidade. Mais recentemente, discute-se sua inserção na Lista de Zonas Úmidas de Importância Internacional (Convenção de Ramsar).
Junto à APA CIP, em seus limites ou entorno, coexistem diversas outras Unidades de Conservação como Parques (Campina do Encantado, Ilha do Cardoso, Intervales, Carlos Botelho, Jacupiranga, Superagui), Estações Ecológicas (Juréia-Itatins, Chauás e Tupiniquins), APAs (Ilha Comprida, Serra do Mar e Guaraqueçaba), Reserva Extrativista do Mandira e Áreas de Relevante Interesse Ecológico (Ilhas oceânicas da Queimada Grande e Queimada Pequena, e Ilha fluvial do Ameixal), como ainda Terras Indígenas guarani (Rio Branco de Cananéia, Serra do Itatins em Itariri e Peruíbe), constituindo, desta forma, um mosaico de Unidades de Conservação. Fonte: ICMBio. Disponível em: http://www4.icmbio.gov.br/apacip/. Acesso em 09/05/2013).

Observações

A área de 202.832ha não consta do Decreto N. 91.892, de 06/11/85, mas foi retirada da publicação: IBAMA, Unidades de Conservação no Brasil: cadastramento e Vegetação 1991-1994, IBAMA, Basília, 1995, pg.154.

Relatório Técnico de Reconhecimento e Delimitação de Qui mandira: http://www.in.gov.br/visualiza/index.jsp?data=22/12/2010&jornal=3&pagina... (DOU 21/12/2010)

TERMO DE COMPROMISSO
Entre a DERSA e o IBAMA
OBJETO: implementação da Condicionante n. 01/2005, como medida compensatória pela instalação da obra de mudança do Pier de Atração de Ferry-Boat Iguape-Juréia, em APP na APA.
VIGÊNCIA: um ano a contar da publicação no DOU.
(DOU, 29/08/2005)

Portaria IBAMA no. 11, de 11/05/04
Dispensar a servidora Danielle Paludo dos encargos de substituto do Chefe da Unidade de Conservação Federal II, da Área de Proteção Ambiental de cananéia - Iguape - Peruíbe, no Estado de São Paulo. (D.O.U., 15/06/04)
Portaria IBAMA no. 12, de 11/05/04
Designar o servidor Valtency Negrão da Silva para excercer dos encargos de substituto do Chefe da Unidade de Conservação Federal II, da Área de Proteção Ambiental de cananéia - Iguape - Peruíbe, no Estado de São Paulo. (D.O.U., 15/06/04)

Nos dias 4 e 5 de junho de 2004, em Sâo Paulo-SP, realiza-se o I Seminário de Pesquisa do Vale do Ribeira, promovido pelo Conselho de Gestão da APA-CIP e realizado pelo IBAMA de Iguape, Instituto Florestal, Nupaub da USP, PUC de São Paulo, Curso de Agronomia da UNESP de Registro e o Museu de Arqueologia e Etnologia da USP. Serão convidados todos aqueles que atuam na região da Área de Proteção Ambiental Cananéia, Iguape, Peruíbe (APA-CIP), na Ilha do Cardoso, na Ilha Comprida, na Estação Ecológica Juréia-Itatins, nas ilhas oceânicas da Estação Ecológica dos Tupiniquins, ARIE da Ilha da Queimada Grande e nos municípios de Pedro de Toledo e Itariri, para um encontro nos dias 4 e 5 de junho em Iguape. (Fonte: www.agencia.fapesp.br).

Portaria IBAMA n 1.262, de 02/09/04 - Exonerar a pedido, a partir de 29/07/2004, Ocimar José Batista Bim, do cargo de comissão de Chefe de Unidade de Conservação Federal II, da Área de Proteção Ambiental de Iguape/Cananéia/Peruibe, do IBAMA, no Estado de São Paulo. (D.O.U., seção 2, de 03/09/04)


Aspectos Físicos

Sobreposições com outras Unidades de Conservação ou Terras Indígenas

Sobreposição Categoria da área sobreposta Porcentagem da sobreposição
Ilha do Ameixal ARIE 0.17
Itariri (Serra do Itatins) TI 0.56
Banhados do Iguape ESEC 0.00
Itapanhapima RDS 0.58
Ilha do Tumba RESEX 0.52
Taquari RESEX 0.78
Mandira QUI 0.11
Juréia-Itatins ESEC 39.19
Despraiado RDS 1.84
Itinguçu PES 2.31
Prelado PES 0.85
Barra do Una RDS 0.68

Biomas

Bioma % na UC
Mata Atlântica 99.85
Zona Costeira e Marítima 0.15

Fitofisionomias

Fitofisionomia (excluídos cursos d'água) % na UC
Floresta Ombrófila Densa 100.00

Bacias Hidrográficas

Bacia Hidrográfica % na UC
Litoral SP, PR e SC 39.34
Oceano Atlântico 0.15
Ribeira 60.51
Pressão/ameaça
Extração de Madeira
Caça Ilegal
Extrativismo Vegetal

Contatos

Gestor da UC: EMERSON AUSTIN NEPOMUCENO MARCONDES (DOU 30/05/2017)

ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA
RUA DA SAUDADE, S/N - CANTO DO MORRO
CEP: 11.920-000 - IGUAPE - SP
TEL/FAX: (13) 3841-2692 / 3841-2388


Notícias

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.
Título Data de publicaçãoícone de ordenação
Areas paranaenses sao incluidas em Lista de Zonas Umidas 03/10/2017
Brasil tem mais tres sitios Ramsar 02/10/2017
Funai alerta Cetesb sobre termoeletrica em Peruibe 14/09/2017
MPF instaura inquerito civil para fiscalizar licenciamento ambiental de termoeletrica planejada em Peruibe (SP) 04/08/2017
Protocolado Estudo de Impacto Ambiental do "Projeto Atlantico Energia" que afetara terras indigenas e UCs na Mata Atlantica 18/04/2017
Fernando de Noronha e outras 9 UCs podem se tornar Sitios Ramsar em 2017 07/02/2017
Portaria MMA no 445/14, sobre especies aquaticas ameacadas, volta a vigorar 09/08/2016
Fundacao Florestal e ICMBio realizam Seminario de Integracao de Unidades de Conservacao no Estado de Sao Paulo 01/04/2016
Comunidades tradicionais debatem UCs no litoral do Parana 02/09/2015
Comite de Zonas Umidas reune-se em Brasilia 12/05/2015
Mutirao retira cerca de 400 quilos de lixo da praia Ilha do Bom Abrigo 26/02/2015
Em atuacao extrajudicial, Defensores auxiliam comunidades a manter pesca de caranguejo no litoral sul 12/02/2015
Resolucao SMA estabelece as condicoes para captura do caranguejo-uca no Litoral Sul de Sao Paulo 26/01/2015
Instalada Gestao Integrada do Mosaico Lagamar 20/12/2013
CNPT discute estrategias de conservacao dos manguezais 23/10/2012
Operacao Verao protege unidades de conservacao marinha no litoral de Sao Paulo 04/02/2011
Pescaria perigosa 15/09/2009
Estudo conclui que conhecimento ecologico de pescadores e fundamental para acoes de conservacao marinha 05/02/2009
Valo Grande: uma ferida aberta de enorme carga didatica 19/06/2007
Ibama cadastra novos conselheiros para a APA de Cananeia- Iguape-Peruibe 06/07/2006
Ibama inicia fechamento de carcinicultura em Cananeia/SP 06/09/2005
Garimpo embala sonhos no Ribeira 29/08/2005
Ibama cria abrigo depara pinguins em reserva ecologica do litoral sul 22/10/2003
Turismo e populacao ameacam Jureia 17/11/2002
Comite gestor da APA Cananeia-Iguape-Peruibe escolhes seus membros 08/10/2001

Histórico Jurídico

Tipo de documento Número Ação do documento Data do documento Data de publicaçãoícone de ordenação Observação Documento na íntegra
Portaria 1227 Conselho 28/12/2016 02/02/2017 Modifica a Composição do Conselho Consultivo da APA Cananéia Iguape Peruíbe, no estado de São Paulo (Processo no 0 2 1 2 6 . 0 11 8 0 5 / 2 0 1 6 - 6 3 Download PDF
Portaria 14 Instrumento de gestão - plano de manejo 22/02/2016 23/02/2016 Aprova o Plano de Manejo da Área de Proteção Ambiental de Cananéia-Iguape e Peruíbe/SP. (Processo n.o 02070.001934/2014-74) Download PDF
Portaria 5 Conselho 11/01/2007 12/01/2007 Ibama altera a composição do Conselho Consultivo da APA.
Portaria 85 Conselho 23/11/2004 24/11/2004 Altera a natureza e a composição do Conselho Deliberativo da APA, criado pela portaria n. 64 de 19/04/2002. O Conselho Deliberativo passa a ter caráter Consultivo.O Concelho Consultivo deverá, no prazo de 90 dias a partir da publicação no DOU, alterar, aprovar e publicar seu Regimento Interno.
Portaria 64 Conselho 19/04/2002 22/04/2002 Cria o Conselho Deliberativo da Área de Proteção Ambiental Cananéia-Iguape-Peruíbe (APA Cananéia-Iguape-Peruíbe), órgão integrante da estrutura da Área de Proteção Ambiental Cananéia-Iguape-Peruíbe/SP, com a finalidade de contribuir para com o planejamento de suas ações, conforme disposições a serem estabelecidas em Regimento Interno.
Convênio 33/95 Outros 20/10/1995 20/10/1995 Termo de Convênio N. 33/95: O IBAMA e a Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo assinam convênio com o objetivo de co-gestão para a colaboração na implantação e consolidação da APA Cananéia-Iguape-Peruíbe. O presente convênio vigorara até 30/06/1996. (DOU, Seção 3, pg. 20035, 20/10/1995)
Decreto 90.347 Criação 23/10/1984 23/10/1984 O Presidente da República João Batista Figueiredo, dispõe sobre a implantação da Área de Proteção Ambiental Cananéia - Iguape - Peruíbe. Além de possibilitar, às comunidades caiçaras, o exercício de suas atividades, dentro dos padrões cutirais estabelecidos historicamente e de conter a ocupação das encostas passíveis de erosão, a APA tem por objetivo proteger e preservar: os ecossitemas, desde os manguesais das faixas litorâneas, até as regiõesde campo, nos trechos de maiores altitudes; as espécies ameaçadas de extinção; as áreas de nidificação de aves marinhas e de arribação; os sítos asqueológicos; os remanescentes da floresta atlântica; e a qualidade dos recursos hídricos. Download PDF
Decreto 90347 Instrumento de gestão - plano de manejo 23/10/1984 23/10/1984 Embora não tenha sido oficializado através de uma portaria ou algum instrumento normativo próprio, o ICMBio considera o plano de manejo em anexo aprovado pelo mesmo Decreto que cria a APA, segundo o site institucional acessado no dia 06/08/2014.http://www.icmbio.gov.br/portal/biodiversidade/unidades-de-conservacao/planos-de-manejo/lista-plano-de-manejo.html?start=20 Download PDF
Decreto 91.892 Alteração de limites 06/11/1985 O Presidente da República, José Sarney, acresce áreas aos limites da Área de Proteção Ambiental de Cananéia - Iguape - Peruíbe, declarada pelo Decreto N. 90.347, de 23/10/84. O transporte de madeira na APA será fiscalizado pela SEMA, do ministério do Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente.


comments powered by Disqus