Floresta Nacional de Tefé

Área 1.020.000,00ha.
Document area Decreto - 97.629 - 10/04/1989
Jurisdição Legal Amazônia Legal
Ano de criação 1989
Grupo Uso Sustentável
Instância responsável Federal
Corredor Central da Amazônia

Mapa

Municípios

Município(s) no(s) qual(is) incide a Unidade de Conservação e algumas de suas características

Municípios - FLONA de Tefé

# UF Município População (IBGE 2018) População não urbana (IBGE 2010) População urbana (IBGE 2010) Área do Município (ha) (IBGE 2017) Área da UC no município (ha) Área da UC no município (%)
1 AM Alvarães 15.860 6.202 7.886 592.346,10 305.278,83
36,55 %
2 AM Carauari 28.076 6.031 19.743 2.577.865,80 42.319,54
5,07 %
3 AM Juruá 14.312 5.116 5.686 1.944.254,80 101.166,81
12,11 %
4 AM Tefé 60.154 11.381 50.072 2.369.222,30 386.382,07
46,27 %

Ambiente

Fitofisionomia

Fitofisionomia (cursos d'água excluídos) % na UC
Floresta Ombrófila Densa 100,00

Bacias Hidrográficas

Bacia Hidrográfica % na UC
Jurua 100,00

Biomas

Bioma % na UC
Amazônia 100,00

Gestão

  • Órgão Gestor: (ICMBIO) Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade
  • Tipo de Conselho: Consultivo
  • Ano de criação : 2011

Documentos Jurídicos

Documentos Jurídicos - FLONA de Tefé

Tipo de documento Número Ação do documento Data do documento Data de Publicação Observação Download
Portaria 16 Conselho 24/02/2011 25/02/2011 Cria o Conselho Consultivo da Flona de Tefé, com a finalidade de contribuir com ações voltadas à gestão participativa, implantação e implementação do Plano de Manejo, bem como ao cumprimento dos seus objetivos de criação.  
Portaria 46 Uso ou ocupação comunitária - perfil da família beneficiária 06/10/2015 07/10/2015 Aprova o Perfil da Família Beneficiária da Floresta Nacional de Tefé (Processo no 02070.000361/2014-61).  
Portaria 13 Instrumento de gestão - plano de manejo 22/02/2016 23/02/2016 Aprovar o Plano de Manejo da Floresta Nacional de Tefé, no estado do Amazonas  
Decreto 97.629 Criação 10/04/1989 12/04/1989 Fica criada, no Estado do Amazonas, a Floresta Nacional de Tefé, com área estimada em 1.020.000 hectares (um milhão e vinte mil hectares).  

Documentos de gestão - FLONA de Tefé

Tipo de plano Ano de aprovação Fase Observação
Plano de manejo 2016 Aprovado Ver situação jurídica

Sobreposições

Não existem sobreposições desta Unidade de Conservação com outras Áreas Protegidas.

Principais Ameaças

Desmatamento na Amazônia Legal

Este tema apresenta a análise dos dados de desmatamento produzidos pelo Projeto de Monitoramento do Desflorestamento na Amazônia Legal (Prodes), que mapeia somente áreas florestadas da Amazônia Legal. Os dados do Prodes não incluem as áreas de cerrado que ocorrem em muitas Unidades de Conservação no bioma Amazônia.

Focos de calor

Área de abrangência do ponto: um foco indica a possibilidade de fogo em um elemento de resolução da imagem (pixel), que varia de 1 km x 1 km até 5 km x 4 km. Neste pixel pode haver uma ou várias queimadas distintas, mas a indicação será de um único foco. Se uma queimada for muito extensa, será detectada em alguns pixeis vizinhos, ou seja, vários focos estarão associados a uma única grande queimada.

Total identificado de desmatamento acumulado até 2000: 6471 hectares
Total identificado de desmatamento acumulado até 2017: 12175 hectares

Características

A Floresta Nacional (FLONA) de Tefé foi criada em 1989 na região do Médio Solimões no estado do Amazonas, por meio do Decreto nº 97.629. Sua grande superfície de 1.020.000 hectares está dividida entre os municípios de Tefé (47,3%), Alvarães (36,7%), Carauari (4,5%) e Juruá (11,5%), todos pertencentes ao estado do Amazonas. Seus limites hidrográficos são: ao norte, o rio Bauana; ao Sul, o rio Curumitá de Baixo; a oeste, o rio Andirá; e a leste, o rio Tefé (IBAMA, 2000).

Na FLONA de Tefé vivem 359 famílias, agrupadas em 30 comunidades que se localizam nas calhas dos três principais rios: 124 famílias vivem em 11 vilas ao longo do rio Tefé; 74 famílias se espalham em oito povoados no rio Bauana; 161 famílias formam 11 agrupamentos no rio Curumitá de Baixo. Como a composição familiar média é de seis membros por unidade familiar, tem-se uma estimativa de 2.154 habitantes.

A FLONA de Tefé integra o Corredor Central da Amazônia1,caracterizado por apresentar baixas taxas de desmatamento (MMA, 2003). Um dos fatores que têm beneficiado sua conservação é a localização afastada dos centros urbanos e o fato de não ser ponto de passagem para outras localidades que recebam fluxo regular de visitantes. O acesso até a FLONA se dá exclusivamente por via fluvial, a partir da sede do município de Tefé, tendo o rio Tefé - afluente da margem direita do rio Solimões - como principal caminho.
Nos transportes convencionais da região, com motores do tipo rabeta (5hp), demora-se em média três horas do centro urbano ao início da FLONA, marcado por um grande barranco conhecido como Ponta da Castanha.

As atividades econônicas dos moradores das comunidades da FLONA estão baseadas principalmente na agricultura familiar, com destaque ao cultivo de pequenas roças de mandioca, para a produção de farinha. Apenas o excedente produzido é comercializado em Tefé, seja diretamente ou por meio de atravessadores (que passam ou vivem nas comunidades em barcos recreios, conhecidos como regatões).

FONTE:
Brianezi, T. & Scherer, E. A REFORMA AGRÁRIA ECOLÓGICA NA FLORESTA NACIONAL DE TEFÉ - VII Congreso Latinoamericano de Sociologia Rural, Quito, Equador. 2006.

Site: http://www.alasru.org/cdalasru2006/A REFORMA AGRÁRIA ECOLÓGICA NA FLORESTA NACIONAL DE TEFÉ
(julho de 2008)

Contato

Coordenadoria Regional (ICMBio): Caio Marcio Paim Pamplona
Endereço CR: Av. do Turismo, 1350 - Tarumã
CEP: 69041-010 - Manaus/AM
Tel: (92) 3613-3080
(92) 3232-7040
(92) 3303-6443
Email: cr.manaus@gmail.com

Notícias

Total de 64 notícias sobre a área protegida FLONA de Tefé no banco de dados RSS

Ver todas as notícias dessa área protegida

 

As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.