APA dos Quilombos do Médio Ribeira

Informações gerais

Quilombos do Médio Ribeira
Área de Proteção Ambiental
Estadual
Uso Sustentável
64.625 (Lei - 12.810 - 21/02/2008)
2008
Jacupiranga

Município(s) no(s) qual(is) incide a Unidade de Conservação e algumas de suas características

Município População (IBGE 2007) População rural (IBGE 2001) População urbana (IBGE 2001) Estado Área do município (ha) Área da UC no município (ha) Porcentagem da UC no município (%)
Barra do Turvo 7620 5228 2880 SP 100.729 1.744 2.69 %
Eldorado 14038 7160 6974 SP 165.673 26.497 40.84 %
Iporanga 4603 2486 2076 SP 116.029 36.633 56.47 %

Pressões e ameaças

O desmatamento, as queimadas e a mineração industrial, são algumas das pressões que mais ameaçam as Unidades de Conservação. Veja abaixo dados atualizados sobre essas pressões nesta UC; para uma visualização comparativa entre as UCs mais desmatadas na Amazônia Legal, acesse o ranking dinâmico.

Para detalhes sobre a obtenção dos dados, acesse nossa nota técnica.


Características

Características

A Área de Proteção Ambiental dos Quilombos do Médio Ribeira foi criada a partir da Lei 12.810, em 21/02/2008, que instituiu o Mosaico de Unidades de Conservação do Jacupiranga, juntamente com outras 13 Unidades de Conservação.
Possui uma área superior a 64.000 hectares e abrange os municípios de Barra do Turvo, Eldorado e Iporanga.
Desmembrada da APA da Serra do Mar e protegendo importantes florestas, essa APA concentra 12 comunidades remanescentes de Quilombos, visando o desenvolvimento sustentável dessas comunidades, seja na agricultura de subsistência, seja na prática do turismo cultural, dentre outras atividades.
Cortada pelo Rio Ribeira de Iguape, que nasce no estado do Paraná, assegura o grande corredor ecológico que interliga as Unidades de Conservação da Serra do Paranapiacaba.
A APA possui espécies de fauna como: onça parda, jacutinga, mono-carvoeiro. E de flora como: palmeira juçara, figueira branca, orquídeas, bromélias, etc.
(Fonte: Fundação Florestal. Disponível em: http://www.ambiente.sp.gov.br/apa-quilombos-do-medio-ribeira/sobre-a-apa/. Acesso em 23/05/2013)

Observações

Integra o Mosaico de UCs do Jacupiranga.


Aspectos Físicos

Sobreposições com outras Unidades de Conservação ou Terras Indígenas

Sobreposição Categoria da área sobreposta Porcentagem da sobreposição
André Lopes QUI 4.98
Ivaporunduva QUI 4.25
Maria Rosa QUI 5.43
Pilões QUI 9.77
São Pedro QUI 7.18
Sapatu QUI 5.76
Pedro Cubas de Cima QUI 10.96
Nhunguara QUI 12.74
Galvão QUI 3.47
Praia Grande QUI 2.44
Pedro Cubas QUI 5.45

Biomas

Bioma % na UC
Mata Atlântica 100.00

Fitofisionomias

Fitofisionomia (excluídos cursos d'água) % na UC
Contato Savana-Floresta Ombrófila 4.83
Floresta Ombrófila Densa 95.17

Bacias Hidrográficas

Bacia Hidrográfica % na UC
Ribeira 100.00

Contatos


Histórico Jurídico

Tipo de documento Número Ação do documento Data do documento Data de publicaçãoícone de ordenação Observação Documento na íntegra
Lei 12.810 Criação 21/02/2008 22/02/2008 Altera os limites do Parque Estadual de Jacupiranga e institui a APA dos Quilombos do Médio Ribeira, localizada nos Municípios de Iporanga, Barra do Turvo e Eldorado, composta pelos territórios das comunidades Quilombolas de Nhunguara, André Lopes, Sapatu, Ivaporanduva, Galvão, São Pedro, Pilões, Maria Rosa, Pedro Cubas, Pedro Cubas de Cima e Praia Grande, com área de 64.625,04 ha, originalmente incluída na APA da Serra do Mar, instituída pelo Decreto estadual no 22.717, de 21 de setembro de 1984, alterado pelos Decretos no 28.347 e no 28.348, ambos de 22 de abril de 1988, e ora desmembrada desta última área, e outras áreas especificadas.§ 1o - na área de abrangência da APA dos Quilombos do Médio Ribeira, ficam reservados 663,84 ha, área conhecida como André Lopes/Caverna do Diabo, conforme Glebas 5.1 descrita no memorial descritivo Anexo 17, para os estudos necessários à efetivação do compromisso da Associação de Remanescentes de Quilombos do Bairro André Lopes, firmado com a Fundação Florestal, de instituir uma RPPN, a qual irá compor o Mosaico do Jacupiranga.§ 2o - na área de abrangência da APA dos Quilombos do Médio Ribeira, ficam também reservados 169,77 ha, área conhecida como Sapatú/Queda de Meu Deus, conforme gleba 5.2 descrita no memorial descritivo no Anexo 17, para os estudos necessários à efetivação do compromisso da Associação de Remanescentes de Quilombos do Bairro de Sapatu, firmado com a Fundação Florestal, de instituir uma RPPN, a qual irá compor o Mosaico do Jacupiranga.§ 3o - Nas Áreas de Proteção Ambiental - APAs instituídas nos termos dos incisos I, II e III, deste artigo, o Poder Executivo promoverá o reordenamento territorial, dispondo sobre as medidas para o uso e aocupação do solo.


comments powered by Disqus