Estação Ecológica de Carijós

Área 712,00ha.
Document area Decreto - 94.656 - 20/07/1987
Jurisdição Legal Domínio Mata Atlântica
Ano de criação 1987
Grupo Proteção Integral
Instância responsável Federal

Mapa

Municípios

Município(s) no(s) qual(is) incide a Unidade de Conservação e algumas de suas características

Municípios - ESEC de Carijós

# UF Município População (IBGE 2018) População não urbana (IBGE 2010) População urbana (IBGE 2010) Área do Município (ha) (IBGE 2017) Área da UC no município (ha) Área da UC no município (%)
1 SC Florianópolis 492.977 15.965 405.275 67.540,90 718,29
100,00 %

Ambiente

Fitofisionomia

Fitofisionomia (cursos d'água excluídos) % na UC
Floresta Ombrófila Densa 100,00

Bacias Hidrográficas

Bacia Hidrográfica % na UC
Litoral RS e SC 94,03
Oceano Atlântico 5,97

Biomas

Bioma % na UC
Mata Atlântica 100,00

Gestão

  • Órgão Gestor: (ICMBIO) Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade
  • Tipo de Conselho: Consultivo
  • Ano de criação : 2001

Documentos Jurídicos

Documentos Jurídicos - ESEC de Carijós

Tipo de documento Número Ação do documento Data do documento Data de Publicação Observação Download
Portaria 49 Instrumento de gestão - plano de manejo 15/09/2003 18/09/2003 Aprova o Plano de Manejo da Estação Ecológica de Carijós  
Portaria 15 Instrumento de gestão - plano de manejo 24/02/2011 25/02/2011 Aprovar a monitoria do Plano de Manejo da Estação Ecológica de Carijós.  
Portaria 32 Nucleo gestão integrada 20/05/2011 23/05/2011 Cria o Núcleo de Gestão Integrada de Unidades Marinho-Costeiras de Santa Catarina - NGI-UMC/SC, objetivando contribuir para a gestão integrada na região através da união de esforços, otimização de recursos e resolução de questões comuns às Unidades Descentralizadas - UD do ICMBio. Composto inicialmente pelas seguintes unidades descentralizadas: I - Área de Proteção Ambiental do Anhatomirim; II - Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca; III - Estação Ecológica de Carijós; IV - Reserva Biológica Marinha do Arvoredo; V - Reserva Extrativista do Pirajubaé; VI - Base Multifuncional do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Aquáticos - CMA em Florianópolis; VII - Base Multifuncional do Centro de Pesquisa e Con- servação de Aves Silvestres - CEMAVE em Florianópolis; VIII - Base Multifuncional do Centro Nacional de Desen- volvimento Sustentável e Populações Tradicionais - CNPT em Flo- rianópolis; IX - Base Multifuncional do Centro Nacional de Conser- vação e Manejo de Tartarugas Marinhas - TAMAR em Florianó- polis;  
Decreto 94.656 Criação 20/07/1987 21/07/1987 O Presidente da República, José Sarney, cria as estações ecológicas de Carijós, de Pirapitinga e Tupinambás, em terras de domínio da União. Carijós - localizada no município de Florianópolis, Estado de Santa Catarina. A ESEC possui duas glebas, uma com área de 935.000 metros quadrados e outra com 6.187.000 metros quadrados, ou seja, aproximadamente 712 hectares. Pirapitinga - localizada no município de Morada Nova, Estado de Minas Gerais. Área: 10.900.000 metros quadrados. Tupinambás - localizada no litoral do Estado de São Paulo. Área: 3.000,00 metros quadrados.  
Portaria 2 Conselho 20/12/2018 03/01/2019 Modifica a composição do Conselho Consultivo da Estação Ecológica de Carijós, no estado de Santa Catarina (Processo no 02127.000641/2017-10).  
Portaria 77 Conselho 29/05/2001 Cria o Conselho Consultivo da Estação Ecológica de Carijós -
Portaria 17 Outros 14/01/2002 Institui Grupo de Trabalho para promover estudos que viabilizem a forma de gestão integrada do conjunto das Unidades de Conservação marinho-costeiras do Estado de Santa Catarina -

Documentos de gestão - ESEC de Carijós

Tipo de plano Ano de aprovação Fase Observação
Plano de manejo 2011 Aprovado Ver situação jurídica(fev/2011)
Plano de manejo 2003 Aprovado Portaria 49 de 15/09/2003 aprova o Plano de Manejo.

Sobreposições

Não existem sobreposições desta Unidade de Conservação com outras Áreas Protegidas.

Principais Ameaças

Não há informações cadastradas sobre o tema "Pressões e Ameaças".

Características

Histórico

Criada por meio do Decreto No 94.656, de 20 de julho de 1987, como uma unidade de conservação federal de proteção integral, a Estação Ecológica de Carijós tem por objetivo a conservação dos manguezais de Ratones e Saco Grande.



Muito anterior à sua criação, a região da ESEC de Carijós é de grande interesse por pesquisadores, apresentando, de acordo com o documento "Síntese do Conhecimento e Diretrizes para a Pesquisa na Estação Ecológica de Carijós", em torno de 364 títulos publicados, sendo 01 capítulo de livro, 135 em anais de eventos científicos, 80 em periódicos especializados, 24 documentos técnicos, 57 trabalhos de conclusão de curso (TCC), 57 dissertações de mestrado e 10 teses de Doutorado.



Além da biodiversidade e das paisagens naturais, a ESEC de Carijós protege 3 sítios arqueológicos tipo sambaqui - acumulação artificial construída por pescadores, coletores e caçadores entre 8 e 2 mil anos formada basicamente de restos faunísticos e florísticos, além de material lítico, sedimentos, vestígios da vida cotidiana e de rituais funerários (Gaspar, 2000; Lima, 2000; Prous, 1991) - que estão cobertos por vegetação. De acordo com o Plano de Manejo, em consulta informal ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), a equipe da ESEC foi orientada a não interferir nos sítios, destinando-os somente para pesquisa.



Por se tratar de uma Unidade de Conservação de Proteção Integral, na categoria de Estação Ecológica (ESEC), os seus objetivos gerais são a preservação da natureza e a realização de pesquisas científicas, podendo ser realizadas visitas guiadas com fins para educação ambiental por meio de agendamentos.



Localização

A ESEC de Carijós fica localizada na porção noroeste do município de Florianópolis, Estado de Santa Catarina, com uma área de mais de 700 hectares (ha).



Características Ambientais

Inserida no domínio do bioma mata atlântica, a ESEC abriga em torno de 500 espécies de animais e dezenas de espécies da flora de manguezais e restingas, com destaque para a diversidade da fauna aquática composta por caranguejos, mariscos, ostras, robalos, tainhas, bagres e camarões.



Vegetação

A ESEC de Carijós tem como principais coberturas vegetais de sua área, o manguezal seguida pela restinga, proporcionando também a proteção de rios e da Baía Norte, área extremamente importante por ser local de reprodução de diversas espécies, muitas de valor comercial. Entre os rios presentes em sua área, o Rio Ratones possui o manguezal em melhor estado de conservação da Ilha de Santa Catarina, considerando que muitos manguezais de Florianópolis foram aterrados, desmatados ou descaracterizados, restando apenas 38% da área original do manguezal de Ratones e 68% do manguezal do Saco Grande.



Fauna

Entre as espécies de maior porte, destacam-se jacaré-de-papo-amarelo (Caiman latirostris), a lontra (Lutra longicaudis), o ratão-do-banhado (Myocastor coypus) e graxaim (Cerdocyon thous).



Em relação à avifauna, a presença de aproximadamente 227 espécies registradas na área representa por volta de 65% das aves de Florianópolis, destacando-se espécies como saracura-três-potes (Aramides cajanea), savacu-de-coroa (Nyctanassa violacea), saracura-matraca (Rallus longirostris), garça-moura (Ardea cocoi) e a figuinha-do-mangue (Conirostrum bicolor) nas áreas de manguezais (Aves da Estação Ecológica de Carijós, ICMBio).



Relevo

Planície costeira, com manguezais, estuários, banhados, baixadas e restingas. Uma pequena fração, ínfima, apresenta áreas mais elevadas com mata atlântica (Wikiparques).



Hidrologia

Tratando-se da questão da qualidade da água do entorno e dos ecossistemas abrigados pela ESEC de Carijós, seu Plano de Manejo (IBAMA, 2003) elenca como prioritária a avaliação do risco de contaminação da ESEC, através do monitoramento da água das Bacias Hidrográficas do Rio Ratones e do Saco Grande (Laboratório de Recursos Hídricos, ICMBio). Com essa finalidade, em novembro de 2005 foi criado o Laboratório de Recursos Hídricos da ESEC Carijós (e projeto específico II do PM).



Pressões e ameaças

Entre os principais problemas que afetam a ESEC de Carijós, destacam-se a crescente e desordenada urbanização no entorno desta Estação Ecológica, a fragmentação de habitats, a poluição de cursos d'água e manguezais e os atropelamentos das faunas nas rodovias do seu entorno.



Referências
1. DÉBORA MONTEIRO BRENTANO, Gabriela Cristina da Rosa. Avaliação da toxicidade aguda do efluente de atividades potencialmente poluidoras situadas no entorno da ESEC Carijós. Revista Eletrônica Técnico-científica do IF-SC, Santa Catarina, Outubro 2011. Disponível em: http://periodicos.ifsc.edu.br/index.php/rtc/article/view/964/646. Acesso em: 3 set. 2019.

2. IAB - Instituto de Arqueologia Brasileira. Sambaqui da Tarioba - Arqueologia e Biodiversidade Marinha do Sambaqui da Tarioba: um modelo de estudo paleoecológico do litoral fluminense. Disponível em: http://www.arqueologia-iab.com.br/portfolios/view/212. Acesso em: 03/09/2019.

3. ICMBio - Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Esec de Carijós. Disponível em: http://www.icmbio.gov.br/portal/unidadesdeconservacao/biomas-brasileiros/marinho/unidades-de-conservacao-marinho/2251-esec-de-carijos. Acesso em: 03/09/2019.

4. ICMBio - Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Aves da Estação Ecológica de Carijós. 2015. Disponível em: http://www.icmbio.gov.br/portal/images/stories/DCOM_Guia_de_Aves_da_ESEC_Carij%C3%B3s_web_comp.pdf. Acesso em: 03/09/2019.

5. ICMBio - Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. LABORATÓRIO DE RECURSOS HÍDRICOS. Proposta para consolidação do Laboratório de Recursos Hídricos da Estação Ecológica de Carijós. Estação Ecológica de Carijós, Ibama - SC. Disponível em: http://www.icmbio.gov.br/portal/images/stories/docs-planos-de-manejo/esec/7-anexo-X-reestruturacao_laboratorio.pdf. Acesso em: 03/09/2019.

Contato

CHefe da UC: SILVIO DE SOUZA JUNIOR (26/04/2011, DOU)
Rodovia Maurício Sirotski Sobrinho, s/nº
SC - 402 - Km 02 - Jurerê
Cep: 88053-700 - Florianópolis - SC
Telefone/fax: (48) 282-1863
e-mail: carijos@mbox1.ufsc.br


Site da ESEC
http://www2.ibama.gov.br/unidades/carijos/index.htm

Av. Mauro Ramos, 1113 - Florianópolis/SC
CEP 88020 302
Fone/Fax (48) 224-6077
Fone (48) 234-3056

Notícias

Total de 74 notícias sobre a área protegida ESEC de Carijós no banco de dados RSS

Ver todas as notícias dessa área protegida

 

As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.