Refúgio de Vida Silvestre Quelônios do Araguaia

Área 60.000,00ha.
Document area Lei - 7.520 - 28/09/2001
Jurisdição Legal Amazônia Legal
Ano de criação 2001
Grupo Proteção Integral
Instância responsável Estadual

Mapa

Municípios

Município(s) no(s) qual(is) incide a Unidade de Conservação e algumas de suas características

Municípios - RVS Quelônios do Araguaia

# UF Município População (IBGE 2018) População não urbana (IBGE 2010) População urbana (IBGE 2010) Área do Município (ha) (IBGE 2017) Área da UC no município (ha) Área da UC no município (%)
1 MT Canarana 21.311 3.950 14.804 1.088.237,90 9.888,00
12,39 %
2 MT Cocalinho 5.691 1.843 3.647 1.651.631,90 56.558,03
70,88 %
3 MT Ribeirão Cascalheira 10.081 3.316 5.565 1.135.480,60 23.234,57
29,12 %
4 MT Nova Nazaré 3.765 1.910 1.119 403.750,10 4.646,00
5,82 %

Ambiente

Fitofisionomia

Fitofisionomia (cursos d'água excluídos) % na UC
Contato Savana-Formações Pioneiras 69,25
Savana 30,75

Bacias Hidrográficas

Bacia Hidrográfica % na UC
Araguaia 100,00

Biomas

Bioma % na UC
Cerrado 100,00

Gestão

  • Órgão Gestor: (CUCO) Coordenadoria de Unidades de Conservação
  • Tipo de Conselho: Consultivo
  • Ano de criação : 2014

Documentos Jurídicos

Documentos Jurídicos - RVS Quelônios do Araguaia

Tipo de documento Número Ação do documento Data do documento Data de Publicação Observação Download
Lei 7.520 Criação 28/09/2001 02/10/2001 Fica declarado Refúgio de Vida Silvestre - Quelônios do Araguaia, no território do Estado de Mato Grosso, o perímetro abaixo descrito, com área de aproximadamente 60.000 hectares, localizada no Município de Cocalinho, para fins de assegurar a existência e reprodução de tartarugas da Amazônia, animais e vegetais, residentes ou migratórias, de importância significativa, contribuindo para a preservação da diversidade biológica.  
Portaria 537 Outros 04/08/2016 04/08/2016 Constitui Comissão para acompanhamento técnico-operacional com caráter consultivo e fiscalizatório do Termo de Compromisso firmado entre a Secretaria de Estado de Meio Ambiente - SEMA/MT e a ENEL GREEN POWER SALTO APIACÁS S.A.  
Termo 14 Cooperaçao técnica 17/07/2014 30/07/2014 Estabelece a cooperação entre o Estado de Mato Grosso e a Aliança da Terra, na implementação e consolidação das Unidades de Conservação Estaduais: Parque Estadual do Araguaia, Refúgio de Vida Silvestre Quelônios do Araguaia e Refúgio de Vida Silvestre Corixão da Mata Azul e suas Zonas de Amortecimento  
Portaria 538 Outros 04/08/2016 04/08/2016 Constitui Comissão para acompanhamento técnico-operacional com caráter consultivo e fiscalizatório do Termo de Compromisso firmado entre a Secretaria de Estado de Meio Ambiente- SEMA/MT e a ENEL GREEN POWER FAZENDA S.A.  
Portaria 621 Conselho 15/12/2014 18/12/2014 Cria o Conselho Consultivo Do Refúgio de Vida Silvestre Quelônios do Araguaia.  

Documentos de gestão - RVS Quelônios do Araguaia

Tipo de plano Ano de aprovação Fase Observação

Sobreposições

Não existem sobreposições desta Unidade de Conservação com outras Áreas Protegidas.

Principais Ameaças

Desmatamento na Amazônia Legal

Este tema apresenta a análise dos dados de desmatamento produzidos pelo Projeto de Monitoramento do Desflorestamento na Amazônia Legal (Prodes), que mapeia somente áreas florestadas da Amazônia Legal. Os dados do Prodes não incluem as áreas de cerrado que ocorrem em muitas Unidades de Conservação no bioma Amazônia.

Focos de calor

Área de abrangência do ponto: um foco indica a possibilidade de fogo em um elemento de resolução da imagem (pixel), que varia de 1 km x 1 km até 5 km x 4 km. Neste pixel pode haver uma ou várias queimadas distintas, mas a indicação será de um único foco. Se uma queimada for muito extensa, será detectada em alguns pixeis vizinhos, ou seja, vários focos estarão associados a uma única grande queimada.

Total identificado de desmatamento acumulado até 2000: 956 hectares
Total identificado de desmatamento acumulado até 2015: 1324 hectares

Características

CARACTERÍSTICAS GERAIS : É a UC guardiã de uma preciosidade: a tracajá (Podocnemis unifilis), um quelônio que se reproduz nas margens do Rio das Mortes, MT. Além disso, a região é muito bonita, sujeita a inundações periódicas. No período da vazante surgem praias fluviais.
FAUNA : Os principais destaques da fauna da UC são os botos e as ariranhas, além é claro das tartarugas que lá se reproduzem.
VEGETAÇÃO : A vegetação predominante é de cerrado, mas apresenta características diversas em certas localidades, em função das condições físicas diversas. Há amplas matas de galeria inundáveis, que respondem pela diversidade da UC.
(Fonte: Unidades de Conservação do Mato Grosso. Governo do Estado, FEMA/MT: 2002).

Desde 1980 o Projeto Quelônios da Amazônia luta pela conservação das tartarugas na região da UC, e possui uma base de monitoramento que deu origem ao Refúgio da Vida Silvestre Quelônios do Araguaia. O comércio de ovos e carne de tartaruga é comum na região e é combatido pelo Ibama não só através de ações de fiscalização, mas também com diversas iniciativas de educação ambiental.
(Fonte: www.aguaboanews.blogspot.com. Acesso em: 14/04/2010).

Contato

Secretaria de Estado de Meio Ambiente - SEMA/MT
Rua C, esquina com a Rua F - Centro Político Administrativo
CEP: 78050-970 - Cuiabá - MT

Chefe de UC: MARCOS EDUARDO SANTOS DUARTE (cargo em Comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-8, de Gerente Regional Refúgio de Vida Silvestre Quelônios do Araguaia e Corixão da Mata Azul), a partir de 1° de novembro de 2011. (DOE MT 28/10/2011)

Chefe de UC: JUARES SILVA CARVALHO FILHO (cargo em Comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-8, de Gerente Regional Refúgio de Vida Silvestre Quelônios do Araguaia e Corixão da Mata Azul), a partir de 31
de outubro de 2011. (DOE MT 28/10/2011)

Notícias

Total de 10 notícias sobre a área protegida RVS Quelônios do Araguaia no banco de dados RSS

Ver todas as notícias dessa área protegida

 

As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.