Parque Nacional do Catimbau

Área 62.300,00ha.
Jurisdição Legal Outros
Ano de criação 2002
Grupo Proteção Integral
Instância responsável Federal
Documento Decreto - - 13/12/2002

Mapa

Municípios

Município(s) no(s) qual(is) incide a Unidade de Conservação e algumas de suas características

Municípios - PARNA do Catimbau

# UF Município População (IBGE 2018) População não urbana (IBGE 2010) População urbana (IBGE 2010) Área do Município (ha) (IBGE 2017) Área da UC no município (ha) Área da UC no município (%)
1 PE Buíque 57.825 30.909 21.196 132.087,10 11.304,04
18,14 %
2 PE Ibimirim 29.055 12.059 14.895 190.643,70 22.006,21
35,32 %
3 PE Tupanatinga 27.052 15.891 8.534 95.047,40 29.230,22
46,92 %

Ambiente

Fitofisionomia

Fitofisionomia (cursos d'água excluídos) % na UC
Savana Estépica 100,00

Bacias Hidrográficas

Bacia Hidrográfica % na UC
Sao Francisco Sbm 100,00

Biomas

Bioma % na UC
Caatinga 100,00

Gestão

  • Órgão Gestor: (ICMBIO) Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade
  • Tipo de Conselho:
  • Ano de criação :

Documentos Jurídicos

Documentos Jurídicos - PARNA do Catimbau

Tipo de documento Número Ação do documento Data do documento Data de Publicação Observação Download
Decreto Criação 13/12/2002 16/12/2002 Fica criado o Parque Nacional do Catimbau, localizado nos Municípios de Ibirimirim, Tupanatinga e Buíque, no Estado de Pernambuco, com o objetivo de preservar os ecossistemas naturais existentes, possibilitando a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento de atividades de educação ambiental e turismo ecológico, perfazendo uma área aproximada de sessenta e dois mil e trezentos hectares. -

Documentos de gestão - PARNA do Catimbau

Tipo de plano Ano de aprovação Fase Observação

Sobreposições

Não existem sobreposições desta Unidade de Conservação com outras Áreas Protegidas.

Principais Ameaças

Não há informações cadastradas sobre o tema "Pressões e Ameaças".

Características

A região do Catimbau foi considerada "Área de Extrema Importância Biológica" pelos grupos temáticos do workshop "Avaliação e identificação de ações prioritárias para a conservação, utilização sustentável e repartição de benefícios da biodiversidade do bioma Caatinga" realizado em Petrolina dez/2000. A área está inserida no semi-árido de Pernambuco, na zona de transição entre o agreste e o sertão, favorecendo, desta forma, a ocorrência de um mosaico de paisagens com alta biodiversidade. Processos de erosão eólica e pluvial desenvolveram feições e diferentes tonalidades nos paredões de arenitos e a Formação Tacaratu, que aflora em grande parte da área, é reconhecida como um importante reservatório de águas subterrâneas. Os estudos preliminares desenvolvidos no "carste arenítico", peculiar à região do Catimbau, apontam para um grande potencial espeleológico.
(Fonte: Consulta Pública p/ criação do Parque - IBAMA/2002)

Notícias

Total de 21 notícias sobre a área protegida PARNA do Catimbau no banco de dados RSS

Ver todas as notícias dessa área protegida

 

As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.