Reserva de Desenvolvimento Sustentável Igapó-Açu

Área 397.557,32ha.
Jurisdição Legal Amazônia Legal
Ano de criação 2009
Grupo Uso Sustentável
Instância responsável Estadual
Documento Decreto - 28420 - 27/03/2009

Mapa

Municípios

Município(s) no(s) qual(is) incide a Unidade de Conservação e algumas de suas características

Municípios - RDS Igapó-Açu

# UF Município População (IBGE 2018) População não urbana (IBGE 2010) População urbana (IBGE 2010) Área do Município (ha) (IBGE 2017) Área da UC no município (ha) Área da UC no município (%)
1 AM Beruri 19.258 7.707 7.779 1.747.278,50 225.711,82
56,77 %
2 AM Borba 40.565 20.526 14.435 4.423.618,40 84.231,16
21,19 %
3 AM Manicoré 54.907 26.668 20.349 4.831.502,20 86.212,90
21,69 %

Ambiente

Fitofisionomia

Fitofisionomia (cursos d'água excluídos) % na UC
Floresta Ombrófila Densa 100,00

Bacias Hidrográficas

Bacia Hidrográfica % na UC
Madeira 100,00

Biomas

Bioma % na UC
Amazônia 100,00

Gestão

  • Órgão Gestor: (SEMA-AM) Secretaria de Estado do Meio Ambiente do Amazonas
  • Tipo de Conselho: Deliberativo
  • Ano de criação : 2014

Documentos Jurídicos

Documentos Jurídicos - RDS Igapó-Açu

Tipo de documento Número Ação do documento Data do documento Data de Publicação Observação Download
Portaria 56 Acesso ao PRONAF 16/11/2009 09/12/2009 Reconhece a Reserva de Desenvolvimento Sustentável Igapó-Açu, código SIPRA AM0141000, localizada nos Municípios de Borba, Beruri e Manicoré, no Estado do Amazonas, com área de 397.557,323 ha, visando atender 200 (novecentas) famílias de pequenos produtores rurais.  
Decreto 28420 Criação 27/03/2009 30/03/2009 Cria a Reserva de Desenvolvimento Sustentável Igapó-Açu, com uma área aproximada de 397.557,323 hectares. A RDS tem como objetivos preservar a natureza e assegurar as condições e os meios necessários para a reprodução e a melhoria dos modos e da qualidade de vida e exploração dos recursos naturais das populações tradicionais, bem como valorizar, conservar e aperfeiçoar e conhecimento e as técnicas de manejo do ambiente, desenvolvido por estas populações  
Portaria 124 Instrumento de gestão - plano de manejo 22/07/2014 22/07/2014 Aprova o Plano de Gestão da Unidade de Conservação da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Igapó-Açu.  
Portaria 12 Conselho 15/01/2014 16/01/2014 Cria o Conselho Deliberativo da RDS Igapó-Açu.  
Termo de Cooperação 03/2017 Cooperaçao técnica 08/02/2017 15/02/2017 Estabelecer condições gerais de mútua cooperação entre os Participes para viabilizar a realização de PROGRAMAS, SUBPROGRAMAS e PROJETOS de desenvolvimento sustentável, gestão ambiental, fortalecimento institucional, manejo e geração de renda e serviços ambientais, no âmbito das Unidades de Conservação do Eixo da BR-319, Floresta Tapauá, Reserva de Desenvolvimento Sustentável Igapó-Açu, Reserva de Desenvolvimento Sustentável Rio Amapá e Parque Estadual Matupiri em conformidade com o que rege a Lei Complementar no 53/2007 e a Lei no 4.266/2015 contribuindo para a implementação dessas Unidades e a redução por meio de atividades que reduzam o desmatamento e degradação florestal, contribuindo para a conservação ambiental e o desenvolvimento social das populações das UCs.  

Documentos de gestão - RDS Igapó-Açu

Tipo de plano Ano de aprovação Fase Observação
Plano de gestão ambiental 2014 Aprovado Ver situação jurídica.

Sobreposições

Não existem sobreposições desta Unidade de Conservação com outras Áreas Protegidas.

Principais Ameaças

Desmatamento na Amazônia Legal

Este tema apresenta a análise dos dados de desmatamento produzidos pelo Projeto de Monitoramento do Desflorestamento na Amazônia Legal (Prodes), que mapeia somente áreas florestadas da Amazônia Legal. Os dados do Prodes não incluem as áreas de cerrado que ocorrem em muitas Unidades de Conservação no bioma Amazônia.

Focos de calor

Área de abrangência do ponto: um foco indica a possibilidade de fogo em um elemento de resolução da imagem (pixel), que varia de 1 km x 1 km até 5 km x 4 km. Neste pixel pode haver uma ou várias queimadas distintas, mas a indicação será de um único foco. Se uma queimada for muito extensa, será detectada em alguns pixeis vizinhos, ou seja, vários focos estarão associados a uma única grande queimada.

Total identificado de desmatamento acumulado até 2000: 5315 hectares
Total identificado de desmatamento acumulado até 2015: 5402 hectares

Características

Criada à partir do Decreto 28.420 - 27/03/2009. Possui área oficial de 397.557 hectares e pertence aos municípios de Beruri, Borba e Manicoré. Apresenta vegetação predominantemente de Floresta Ombrófila Densa.
Os habitantes que ocupam a área da UC são principalmente agricultores (pequeno proprietário rural ou posseiro) quantificados em torno de 200 famílias.
(Fonte: BAnco de Dados ISA, março 2010).

A proposta de criação dessa UC, em conjunto com outras cinco, é de formar uma "barreira verde" no entorno da rodovia BR-319, que liga Manaus a Porto Velho, para conter o avanço da agropecuária e da extração predatória de recursos naturais no Sul do Amazonas.
(Fonte: Portal Amazônia - portalamazonia.globo.com . Acesso em: 12/03/2010).

Contato

Centro Estadual de Unidades de Conservação - CEUC (AM)
Av. Mário Ipiranga Monteiro, n° 3280 - Parque 10
CEP: 69050-030 - AM
Email: ceuc@ceuc.sds.am.gov.br
Tel: (92) 3642-4607
Site: http://www.ceuc.sds.am.gov.br

Notícias

Total de 15 notícias sobre a área protegida RDS Igapó-Açu no banco de dados RSS

Ver todas as notícias dessa área protegida

 

As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.