Estação Ecológica de Jutaí-Solimões

Área 284.285,00ha.
Document area Portaria - 375 - 11/10/2001
Jurisdição Legal Amazônia Legal
Ano de criação 1983
Grupo Proteção Integral
Instância responsável Federal
Corredor Central da Amazônia

Mapa

Municípios

Município(s) no(s) qual(is) incide a Unidade de Conservação e algumas de suas características

Municípios - ESEC de Jutaí-Solimões

# UF Município População (IBGE 2018) População não urbana (IBGE 2010) População urbana (IBGE 2010) Área do Município (ha) (IBGE 2017) Área da UC no município (ha) Área da UC no município (%)
1 AM Amaturá 11.332 4.507 4.960 475.410,90 2.930,00
1,02 %
2 AM Jutaí 14.753 7.440 10.552 6.945.741,60 276.247,83
96,11 %
3 AM Santo Antônio do Içá 21.966 11.533 12.948 1.236.614,30 11.192,49
3,89 %

Ambiente

Fitofisionomia

Fitofisionomia (cursos d'água excluídos) % na UC
Floresta Ombrófila Densa 100,00

Bacias Hidrográficas

Bacia Hidrográfica % na UC
Jutai 100,00

Biomas

Bioma % na UC
Amazônia 100,00

Gestão

  • Órgão Gestor: (ICMBIO) Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade
  • Tipo de Conselho: Consultivo
  • Ano de criação : 2011

Documentos Jurídicos

Documentos Jurídicos - ESEC de Jutaí-Solimões

Tipo de documento Número Ação do documento Data do documento Data de Publicação Observação Download
Decreto 88.541 Criação 21/07/1983 22/07/1983 Cria a Reserva Ecológica de Jutaí-Solimões, entre os Rios Jutaí e Solimões, com área de 284.285 hectares. Categoria laterada para ESEC em 2001.  
Portaria 375 Alteração de categoria 11/10/2001 16/10/2001 A Reserva Ecológica Jutaí-Solimões, criada pelo Dec no 88.541, de 21/07/83, terá a destinação de Estação Ecológica, passando a denominar-se Estação Ecológica de Jutaí-Solimões (DOU 16/10/01).  
Portaria 71 Conselho 02/09/2011 05/09/2011 Cria o Conselho Consultivo da Estação Ecológica de Jutaí-Solimões/AM. -

Documentos de gestão - ESEC de Jutaí-Solimões

Tipo de plano Ano de aprovação Fase Observação

Sobreposições

Conheça as sobreposições entre a Unidade de Conservação com outras Áreas Protegidas.

Área Protegida Área sobreposta à UC (ha) Porcentagem da sobreposição
TI São Domingos do Jacapari e Estação 31.657,00 ha 11,01%
TI Betânia 5.497,00 ha 1,91%

Não há informações no mapa sobre UCs sobrepostas que não se enquadram no SNUC (Sistema Nacional de Unidade de Conservação).

Principais Ameaças

Desmatamento na Amazônia Legal

Este tema apresenta a análise dos dados de desmatamento produzidos pelo Projeto de Monitoramento do Desflorestamento na Amazônia Legal (Prodes), que mapeia somente áreas florestadas da Amazônia Legal. Os dados do Prodes não incluem as áreas de cerrado que ocorrem em muitas Unidades de Conservação no bioma Amazônia.

Focos de calor

Área de abrangência do ponto: um foco indica a possibilidade de fogo em um elemento de resolução da imagem (pixel), que varia de 1 km x 1 km até 5 km x 4 km. Neste pixel pode haver uma ou várias queimadas distintas, mas a indicação será de um único foco. Se uma queimada for muito extensa, será detectada em alguns pixeis vizinhos, ou seja, vários focos estarão associados a uma única grande queimada.

Total identificado de desmatamento acumulado até 2000: 959 hectares
Total identificado de desmatamento acumulado até 2008: 1055 hectares

Características

A estação Jutaí-Solimões fica no Amazonas e inclui o que talvez seja o maior bosque de palmeiras do mundo. São 30 mil hectares só de palmeiras buritis, aquelas palmeiras muito bonitas, altas, com folhas largas, que crescem em brejos. Até hoje ninguém conseguiu entrar lá, porque a pessoa atolaria no brejo e não conseguiria abrir caminho pelas palmeiras, que são muitas.
A Estação Ecológica de Jutaí-Solimões, com área aproximada de 288.187,3775 ha, localizada no Estado do Amazonas, foi criada com o objetivo de preservar a natureza e de realização de pesquisas científicas, situando-se entre os Rios Jutaí e Solimões.
O acesso é feito basicamente por via fluvial, através dos rios Solimões e Jutaí. A extração de madeira às margens dos rios da região, a pesca predatória e o desmatamento desordenado constituem as principais ameaças à integridade do ecossistema da unidade.
(Fonte: Ibama 2007)

Contato

Endereço para Correspondência (Ibama):
Rua Ministro João Gonçalves de Sousa s/n° - Km 01 - BR-319, Distrito Industrial
CEP: 69075-830 - Manaus - AM
Tel: (92) 3613-3080, 3613-3094, 3613-3096, 3613-3277 e 3613-3261
Disk Denúncia: (92) 3613-3081
Fax: (92) 3613-3095
e-mail: gabinete.am@ibama.gov.br

Coordenadoria Regional (ICMBio): Caio Marcio Paim Pamplona
Endereço CR: Av. do Turismo, 1350 - Tarumã
CEP: 69041-010 - Manaus/AM
Tel: (92) 3613-3080
(92) 3232-7040
(92) 3303-6443
Email: cr.manaus@gmail.com

Notícias

Total de 13 notícias sobre a área protegida ESEC de Jutaí-Solimões no banco de dados RSS

Ver todas as notícias dessa área protegida

 

As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.