Reserva Biológica do Abufari

Área 288.000,00ha.
Document area Decreto - 87.585 - 20/09/1982
Jurisdição Legal Amazônia Legal
Ano de criação 1982
Grupo Proteção Integral
Instância responsável Federal

Mapa

Municípios

Município(s) no(s) qual(is) incide a Unidade de Conservação e algumas de suas características

Municípios - REBIO do Abufari

# UF Município População (IBGE 2018) População não urbana (IBGE 2010) População urbana (IBGE 2010) Área do Município (ha) (IBGE 2017) Área da UC no município (ha) Área da UC no município (%)
1 AM Tapauá 17.299 8.459 10.618 8.494.616,60 223.500,96
77,60 %

Ambiente

Fitofisionomia

Fitofisionomia (cursos d'água excluídos) % na UC
Floresta Ombrófila Densa 100,00

Bacias Hidrográficas

Bacia Hidrográfica % na UC
Purus 100,00

Biomas

Bioma % na UC
Amazônia 100,00

Gestão

  • Órgão Gestor: (ICMBIO) Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade
  • Tipo de Conselho: Consultivo
  • Ano de criação : 2011

Documentos Jurídicos

Documentos Jurídicos - REBIO do Abufari

Tipo de documento Número Ação do documento Data do documento Data de Publicação Observação Download
Portaria 112 Conselho 26/12/2011 27/12/2011 Cria o Conselho Consultivo da Reserva Biológica do Abufarí/AM.  
Portaria 4 Instrumento de gestão - plano de manejo 09/01/2012 10/01/2012 Considerando o disposto no Plano de Proteção e Implementação das UCs da BR-319, elaborado no âmbito do GT BR-319, e a necessidade de elaboração integrada dos Planos de Manejo das unidades sob influência da rodovia, quais sejam: Reserva Biológica do Abufari, Estação Ecológica do Cuniã, Parque Nacional Nascentes do Lago Jari, Parque Nacional Mapinguari, Floresta Nacional Balata-Tufari, Floresta Nacional de Humaitá, Floresta Nacional do Iquiri, Reserva Extrativista Lago do Capanã-Grande, Reserva Extrativista do Rio Ituxi, Reserva Extrativista Médio Purus e Reserva Extrativista Lago do Cuniã e a necessidade de definir procedimentos para a elaboração de forma integrada e simultânea dos Planos de Manejo de diferentes categorias de unidades de conservação: Instituído o Desenho do Processo de Planejamento para a elaboração dos planos de manejo das 11 UCs situadas no Interflúvio Purus-Madeira. O DPP estabelece os aspectos conceituais e as diretrizes metodológicas concernentes ao processo de planejamento, os mecanismos de participação, integração e cronograma, bem como para a capacitação dos gestores das UCs durante o processo de elaboração dos planos de manejo.  
Portaria 1 Conselho 05/05/2016 09/05/2016 Renova a portaria e modifica a composição do Conselho Consultivo da Reserva Biológica do Abufari no estado do Amazonas (Processo no 02120.000102/2011-55)  
Portaria 530 Instrumento de gestão - plano de manejo 24/05/2018 28/05/2018 Aprova o Plano de Manejo da Reserva Biológica do Abufari, no Estado do Amazonas (Processo no 0 2 0 7 0 . 0 0 3 8 3 3 / 2 0 11 - 9 5 )  
Decreto 87.585 Criação 20/09/1982 21/09/1982 Cria a Reserva Biológica do Abufari (DOU 21/09/82) -

Documentos de gestão - REBIO do Abufari

Tipo de plano Ano de aprovação Fase Observação
Plano de manejo 2018 Aprovado

Sobreposições

Não existem sobreposições desta Unidade de Conservação com outras Áreas Protegidas.

Principais Ameaças

Desmatamento na Amazônia Legal

Este tema apresenta a análise dos dados de desmatamento produzidos pelo Projeto de Monitoramento do Desflorestamento na Amazônia Legal (Prodes), que mapeia somente áreas florestadas da Amazônia Legal. Os dados do Prodes não incluem as áreas de cerrado que ocorrem em muitas Unidades de Conservação no bioma Amazônia.

Focos de calor

Área de abrangência do ponto: um foco indica a possibilidade de fogo em um elemento de resolução da imagem (pixel), que varia de 1 km x 1 km até 5 km x 4 km. Neste pixel pode haver uma ou várias queimadas distintas, mas a indicação será de um único foco. Se uma queimada for muito extensa, será detectada em alguns pixeis vizinhos, ou seja, vários focos estarão associados a uma única grande queimada.

Total identificado de desmatamento acumulado até 2000: 200 hectares
Total identificado de desmatamento acumulado até 2016: 394 hectares

Características

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DA UNIDADE:
Promover estudos e pesquisas sobre os quelônios, ictiofauna, e sobre a castanha do Brasil. Além de estudar a dinâmica de populações de bagres, predadores dos filhotes de quelônios e quantificar a densidade de peixes comerciais (inclusive ornamentais) .
ASPECTOS CULTURAIS E HISTÓRICOS:
Antecedentes Legais
Um dos principais e mais importantes fatores que levaram o antigo IBDF a decretar Abufari como Unidade de Conservação, na categoria de REBIO, foi a abundância de quelônios, considerado por muitos especialistas como o tabuleiro mais significativo no estado do Amazonas.
Aspectos Culturais e Históricos
Estudos efetuados para a criação da Reserva foram feitos em 1980, quando constatou-se a existência de uma região quase inalterada, apresentando vários tabuleiros de desova de tartaruga, iaçá e tracajá, constituindo-se uma das regiões mais importantes para a conservação destes indivíduos.
ASPECTOS FÍSICOS E BIOLÓGICOS:
Clima
Apresenta clima do tipo equatorial quente, com a temperatura média acima de 20° C e constantemente úmido. Tanto a temperatura como as chuvas sofrem um mínimo de variação anual e mantêm-se em um nível relativamente elevado.
Relevo
A maior parte da Reserva está dominada pela planície fluvial, ou seja, área aplainada resultante de acumulação fluvial, periódica ou permanentemente alagada, geralmente comportando diques marginais ou processos de colmatagem.
Vegetação
As formações vegetais que dominam são: Floresta Tropical Densa Aluvial de Terraços, Floresta Tropical Aberta das áreas das depressões nos interflúvios tabulares e vegetação de áreas de tensão ecológica com formações edáficas. A Floresta Tropical Densa ocorre nas partes mais altas, enquanto as demais ocorrem nas partes mais baixas.
Fauna
A grande diversidade de espécies animais que geralmente é encontrada em toda região Amazônica, também está bem representada na Reserva do Abufari. Muitas delas, como por exemplo, o peixe-boi (Trichechus imunguis), tartarugas e botos utilizam a várzea onde encontram alimento e proteção no período das cheias, voltando para o leito do rio no período seco.
BENEFÍCIOS DA UNIDADE PARA O ENTORNO E REGIÃO:
O principal benefício da unidade é sem dúvida alguma a preservação dos quelônios do local.
Observação
Visitação pública só é permitida em caráter educacional e/ou científico, dependendo de autorização prévia do órgão resonsável pela administração da unidade, conforme Lei Nº 9.985/2000.
(Fonte: Ibama - 2004)

Contato

Coordenadoria Regional (ICMBio): Caio Marcio Paim Pamplona
Chefe do Parque: ANGELA MIDORI FURUYA PACHECO (DOU 25/07/2011)
Endereço CR: Av. do Turismo, 1350 Tarumã
69041-010 - Manaus/AM
Tel: (92) 3613-3080 / (92) 3232-7040 / (92) 3303-6443
email: cr.manaus@gmail.com

Endereço para correspondência IBAMA/AM:
Rua Ministro João Gonçalves de Souza, S/N - BR. 319, KM 01 - Distrito Industrial.
CEP: 69.075-000 - Manaus - AM
Tel: (92) 3613-3277 / 237-3710
Fax: (92) 3613-3095 / 237-3721

Notícias

Total de 51 notícias sobre a área protegida REBIO do Abufari no banco de dados RSS

Ver todas as notícias dessa área protegida

 

As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.