Reserva Biológica do Jaru

Área 353.335,00ha.
Jurisdição Legal Amazônia Legal
Ano de criação 1961
Grupo Proteção Integral
Instância responsável Federal
Documento Decreto - 51.024 - 25/07/1961
Mosaicos Amazônia Meridional

Mapa

Municípios

Município(s) no(s) qual(is) incide a Unidade de Conservação e algumas de suas características

Municípios - REBIO do Jaru

# UF Município População (IBGE 2018) População não urbana (IBGE 2010) População urbana (IBGE 2010) Área do Município (ha) (IBGE 2017) Área da UC no município (ha) Área da UC no município (%)
1 RO Ji-Paraná 127.907 11.754 104.856 689.664,90 211.100,61
59,75 %
2 RO Machadinho D'Oeste 39.097 14.963 16.172 850.927,00 5.557,89
1,57 %
3 RO Vale do Anari 11.028 6.192 3.192 313.510,60 131.378,00
37,18 %

Ambiente

Fitofisionomia

Fitofisionomia (cursos d'água excluídos) % na UC
Floresta Ombrófila Aberta 100,00

Bacias Hidrográficas

Bacia Hidrográfica % na UC
Madeira 100,00

Biomas

Bioma % na UC
Amazônia 100,00

Gestão

  • Órgão Gestor: (ICMBIO) Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade
  • Tipo de Conselho: Consultivo
  • Ano de criação : 2006

Documentos Jurídicos

Documentos Jurídicos - REBIO do Jaru

Tipo de documento Número Ação do documento Data do documento Data de Publicação Observação Download
Portaria 22 Conselho 09/03/2006 10/03/2006 IBAMA cria o Conselho Consultivo da Reserva Biológica do Jaru, com a finalidade de contribuir com a implantação e implementação de ações destinadas à consecução dos objetivos de criação da referida Unidade de Conservação.  
Portaria 26 Instrumento de gestão - plano de manejo 10/03/2010 11/03/2010 Aprova a Revisão do Plano de Manejo da Reserva Biológica do Jaru.  
Decreto 51.024 Criação 25/07/1961 25/07/1961 Cria a Reserva Florestal do Jaru e dá outras providências.  
Portaria 3 Conselho 23/03/2016 24/03/2016 Renova a portaria e modifica a composição do Conselho Consultivo da Reserva Biológica do Jaru, no estado de Rondônia (Processo no 02208.000001/2016-29)  
Decreto 83.716 Criação 11/07/1979 12/07/1979 Cria a Reserva Biológica do Jaru com a finalidade de proteger a flora, fauna e as belezas naturais existentes no local, podendo ser utilizadas para fins científicos, observadas as normas em vigor. (com 268.150 ha no decreto, mas o Ibama sempre informava uma área de 293.335 ha) Revoga o decreto 51.014, de 25/07/1961, que criou a REF do Jaru.  
Decreto s/n Alteração de limites 02/05/2006 03/05/2006 Presidente da República amplia os limites da REBIO do Jaru, acrescentando área de 60.000 ha. -

Documentos de gestão - REBIO do Jaru

Tipo de plano Ano de aprovação Fase Observação
Plano de manejo 2010 Aprovado PORTARIA No- 26, DE 10 DE MARÇO DE 2010 (DOU 11/03/2010)
Plano de manejo 1984

Sobreposições

Não existem sobreposições desta Unidade de Conservação com outras Áreas Protegidas.

Principais Ameaças

Desmatamento na Amazônia Legal

Este tema apresenta a análise dos dados de desmatamento produzidos pelo Projeto de Monitoramento do Desflorestamento na Amazônia Legal (Prodes), que mapeia somente áreas florestadas da Amazônia Legal. Os dados do Prodes não incluem as áreas de cerrado que ocorrem em muitas Unidades de Conservação no bioma Amazônia.

Focos de calor

Área de abrangência do ponto: um foco indica a possibilidade de fogo em um elemento de resolução da imagem (pixel), que varia de 1 km x 1 km até 5 km x 4 km. Neste pixel pode haver uma ou várias queimadas distintas, mas a indicação será de um único foco. Se uma queimada for muito extensa, será detectada em alguns pixeis vizinhos, ou seja, vários focos estarão associados a uma única grande queimada.

Total identificado de desmatamento acumulado até 2000: 916 hectares
Total identificado de desmatamento acumulado até 2015: 9936 hectares

Características

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Proteger amostras representativas da floresta amazônica, educação ambiental, pesquisa científica e salvaguardar o patrimônio natural.
ANTECEDENTES LEGAIS
Anteriormente a área era a Reserva Florestal do Jarú , criada pelo decreto 51.024 de 25 de julho de 1961.
ASPECTOS CULTURAIS E HISTÓRICOS
A área era caracterizada pelos antigos seringueiros, restritos a duas posses determinadas por licença de ocupação expedida pelo INCRA e pelo Território Federal de Rondônia. Com o início da implantação da unidade o IBDF cuidou rapidamente de indenizar os dois posseiros seringalistas ali fixados a quase 20 anos.
CLIMA
Quente e úmido com precipitações elevadas, cujo total anual compensa a ocorrência de uma estação seca, permitindo a existência de florestas tropicais.
RELEVO
Serra do mar e mais 63 ilhas. O solo é do tipo Latossolo amarelo-Litossol. A serra atinge 1500m de altitude, possui o único Fiorde do Brasil; um braço de mar que avança 10 Km para dentro do continente.
VEGETAÇÃO
Floresta Fluvial predominante com cobertura vegetal do tipo Floresta Tropical Aberta com Palmeiras.
FAUNA
Podemos citar como representantes da fauna da Reserva macacos, guaribas , micos, tamanduás, jacarés e tartarugas. A avifauna é riquíssima: mutuns, jacumins, entre outros. Possui cerca de 2.000 espécies de peixes e 11% de aves conhecidas.
BENEFÍCIOS DA UNIDADE PARA O ENTORNO E REGIÃO
Manutenção da participação, proteção do ecossistema e modelo para os ribeirinhos do entorno.
USOS CONFLITANTES
Invasão de sem-terras incentivadas por políticos locais, caça e pesca.
VISITAÇÃO PÚBLICA
A visitação pública só é permitida em caráter educacional e/ou científico, dependendo de autorização prévia do órgão responsável pela administração da unidade. (SNUC - Lei N 9.985, de 18 de julho de 2000)
(Fonte: www.ibama.gov.br. Acesso em: 24/03/2010).

Situada na parte leste do estado de Rondônia, a REBIO Federal do Jaru foi criada na mesma área da antiga Reserva Florestal do Jaru, criada em 1961 com área de 679.600 ha. Entretanto, por causa de problemas fundiários, houve redução da área originalmente protegida. Parte foi destinada ao Projeto Agrícola Burareiro e o restante desapropriado e regularizado, o que evitou conflitos fundiários. Há contudo invasões de pequenos agricultores. A reserva conta com um chefe e seis funcionários, que se revezam entre a unidade e o escritório do IBAMA em Ji-Paraná. Há alojamento e refeitório. Atualmente, a REBIO é uma das unidades de conservação envolvidas pelo projeto LBA, uma empreitada gigantesca que pretende desvendar os mistérios da macrodinâmica da floresta.
VEGETAÇÃO : A vegetação é composta por Floresta Fluvial predominante com cobertura vegetal do tipo Floresta Tropical Aberta com Palmeiras.
GEOMORFOLOGIA E SOLOS : Geomorfologicamente, a REBIO Federal do Jaru se caracteriza pela presença das seguintes unidades: depressão interplanáltica da Amazônia Meridional e planalto dissecado sul da Amazônia, com altitudes que variam de 100 a 400 metros. Os solos predominantes são, em ordem de freqüência: o latossolo amarelo, o podzólico vermelho-amarelo e os solos litólicos.
(Fonte: "As Unidades de conservação de Rondônia". (Fábio Olmos, Alfredo de Queiroz Filho, Celi Arruda Lisboa). PNUD, PLANAFLORO - Governo de Rondônia, 1999).

Contato

Endereço para Correspondência (Ibama):
Rua São Cristovão S/Nº - Jardim Presidencial I
CEP: 78.960-000 - Ji-Paraná - RO
Tel/Fax: (69) 421-4146

Coordenadoria Regional (ICMBio): Carolina Carneiro da Fonseca
Endereço CR: Av. Lauro Sodré 6500 - Bairro Aeroporto
CEP: 76803-260 - Porto Velho - RO

Notícias

Total de 89 notícias sobre a área protegida REBIO do Jaru no banco de dados RSS

Ver todas as notícias dessa área protegida

 

As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.