Área de Proteção Ambiental das Reentrâncias Maranhenses

Área 2.680.910,00ha.
Document area Decreto - 11.901 - 11/06/1991
Jurisdição Legal Amazônia Legal
Ano de criação 1991
Grupo Uso Sustentável
Instância responsável Estadual

Mapa

Municípios

Município(s) no(s) qual(is) incide a Unidade de Conservação e algumas de suas características

Municípios - APA das Reentrâncias Maranhenses

# UF Município População (IBGE 2018) População não urbana (IBGE 2010) População urbana (IBGE 2010) Área do Município (ha) (IBGE 2017) Área da UC no município (ha) Área da UC no município (%)
1 MA Bacuri 18.508 7.918 8.686 82.372,30 82.780,69
3,09 %
2 MA Cândido Mendes 20.076 6.593 11.912 164.075,60 73.513,74
2,74 %
3 MA Godofredo Viana 11.672 3.912 6.723 66.732,50 54.009,23
2,01 %
4 MA Porto Rico do Maranhão 5.995 3.619 2.411 21.883,10 21.968,42
0,82 %
5 MA São Luís 1.094.667 56.323 958.514 83.482,70 4.161,00
0,16 %
6 MA Turilândia 25.365 12.492 10.354 151.185,70 11.434,37
0,43 %
7 MA Luís Domingues 6.917 1.007 5.503 46.406,00 34.424,76
1,28 %
8 MA Serrano do Maranhão 10.206 6.713 4.227 116.586,00 88.890,73
3,32 %
9 MA Cedral 10.657 7.900 2.397 28.318,60 26.480,52
0,99 %
10 MA Apicum-Açu 17.063 5.797 9.162 48.880,60 49.131,63
1,83 %
11 MA Alcântara 22.083 15.453 6.398 145.791,60 127.481,69
4,76 %
12 MA Bequimão 21.260 13.738 6.606 79.771,60 42.088,44
1,57 %
13 MA Carutapera 23.658 5.781 16.225 123.208,00 72.190,63
2,69 %
14 MA Central do Maranhão 8.604 3.801 4.086 31.905,30 10.513,71
0,39 %
15 MA Cururupu 32.765 10.383 22.269 109.306,20 109.840,98
4,10 %
16 MA Guimarães 12.063 5.172 6.909 59.538,20 59.823,15
2,23 %
17 MA Mirinzal 14.913 5.187 9.031 68.774,80 14.029,44
0,52 %
18 MA Turiaçu 35.497 23.003 10.930 257.849,70 146.964,08
5,48 %

Ambiente

Fitofisionomia

Fitofisionomia (cursos d'água excluídos) % na UC
Formações Pioneiras 38,85

Bacias Hidrográficas

Bacia Hidrográfica % na UC
Gurupi 3,01
Litoral Noroeste MA 33,51
Oceano Atlântico 63,48

Biomas

Bioma % na UC
Amazônia 33,56
Zona Costeira e Marítima 66,44

Gestão

  • Órgão Gestor: (SEMA) Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais
  • Tipo de Conselho:
  • Ano de criação :

Documentos Jurídicos

Documentos Jurídicos - APA das Reentrâncias Maranhenses

Tipo de documento Número Ação do documento Data do documento Data de Publicação Observação Download
Decreto 11.901 Criação 11/06/1991 09/10/1991 Cria a APA das Reentrâncias Maranhenses para disciplinar o uso e ocupação do solo, exploração dos recursos de origem animal e vegetal e atividade de pesca para que não venham comprometer as biocenoses específicas dos ecossitemas marinhos e fluvio-marinhos e os padrões de qualidade das águas, ocupando uma área de aproximadamente 2.681.911,2 hectares. (reedição em 09/10/1991)  

Documentos de gestão - APA das Reentrâncias Maranhenses

Tipo de plano Ano de aprovação Fase Observação

Sobreposições

Não existem sobreposições desta Unidade de Conservação com outras Áreas Protegidas.

Principais Ameaças

Desmatamento na Amazônia Legal

Este tema apresenta a análise dos dados de desmatamento produzidos pelo Projeto de Monitoramento do Desflorestamento na Amazônia Legal (Prodes), que mapeia somente áreas florestadas da Amazônia Legal. Os dados do Prodes não incluem as áreas de cerrado que ocorrem em muitas Unidades de Conservação no bioma Amazônia.

Focos de calor

Área de abrangência do ponto: um foco indica a possibilidade de fogo em um elemento de resolução da imagem (pixel), que varia de 1 km x 1 km até 5 km x 4 km. Neste pixel pode haver uma ou várias queimadas distintas, mas a indicação será de um único foco. Se uma queimada for muito extensa, será detectada em alguns pixeis vizinhos, ou seja, vários focos estarão associados a uma única grande queimada.

Total identificado de desmatamento acumulado até 2000: 83920 hectares
Total identificado de desmatamento acumulado até 2017: 614878 hectares

Características

A APA das Reentrâncias Maranhenses pode ser descrita como uma grande área, aproximadamente 254 Km de extensão, de costa baixa como uma série de ilhas, baías, enseadas e um complexo estuarino, interligado por canais chamados de "furos", os quais são recortados ainda mais por inúmeros igarapés, cobertos por manguezais, que hospedam várias espécies de peixes, crustáceos e moluscos como também aves, especialmente as migratórias, que buscam descanso, alimentação e local para reprodução. Também é local importante para a reprodução do Guará (Eudocimus ruber), ameaçado de extinção.
(Fonte: www.amazoniamaranhense.com.br. Acesso em: 22/04/2010).

Situada no litoral ocidental do Estado entre a embocadura da Baía de São Marcos em Alcântara até a foz do rio Gurupi , as Reentrâncias Maranhenses, se estendem por 12 mil quilômetros quadrados e formam uma imensa região recortada por baías, enseadas, ilhas e manguezais. Foi transformada em Área de Proteção Ambiental em 1991 e também faz parte da Rede Hemisférica de Defesa das Aves Limícolas por ter importância fundamental para as aves migratórias. Atrações variadas são oferecidas para os turistas mais curiosos e com espírito de aventura, como passeios pela ilhas vizinhas do município de Alcântara, ou explorações marítimas mais ousadas, conhecendo ilhas, praias desertas e baías. A principal atração turística na região é a Ilha dos Lençóis, no litoral de Curupuru. Com uma beleza exótica o lugar oferece praias, dunas e lagoas cristalinas, é famosa por seus mistérios. Os quase 300 habitantes acreditam que lá vive um rei encantado conhecido por Dom Sebastião, que aparece nas noites de lua cheia, transformado em touro gigante. No dia em que um homem for corajoso o suficiente para ferí-lo na estrela brilhante que ostenta na testa, o encantamento se desfaz e o rei e toda a corte dele surgirão com todo o esplendor. A Ilha também é conhecida como "Ilha dos Filhos da Lua". Ali viveu, durante muitos anos, a maior colônia de albinos do mundo.
(Fonte: www.ilhadocaju.com.br/novaecoturismo. Acesso em: 22/04/2010).

Criado pelo Decreto Estadual n 11.901 de 11 de Junho de 1991 e reeditado em 09 de Outubro de 1991, com uma área de 2.680.911 hectares. Localizado no litoral ocidental maranhense, de Alcântara até a foz do Gurupi, englobando os municípios de Cedral, Guimarães, Mirinzal, Bequimão, Cândido Mendes, Turiaçú, Luís Domingues, Godofredo Viana, Cururupu, Bacuri e Carutapera. A região costeira é bastante recortada de baías, enseadas e estuários. Terra firme constituída na maioria de terras baixas e planas com pequenas elevações colinares, no município de Carutapera. Possui extensos manguezais com elevada produtividade pesqueira em toda costa ocidental maranhense, há abundância de aves litorâneas, algumas ameaçadas de extinção, como o guará que nidifica e reproduz na Ilha do Cajual, em Alcântara, e entre os mamíferos, encontramos os golfinhos e o peixe-boi. (http://www.maranhao.gov.br/turismo/chamadas/apas.php - acesso em 11/11/03).

Contato

Chefe da UC: Laís de Morais Rego Silva. (Portaria N° 095, de 14 de outubro 2010, DOE MA 20/10/2010)

Secretaria de Meio Ambiente - SEMA/MA
Av. Colares Moreira - Quadra 19 - Casa 09 - Calhau
CEP: 65075-440 - São Luis - MA
Email: gabinetesema@sema.ma.gov.br

Notícias

Total de 28 notícias sobre a área protegida APA das Reentrâncias Maranhenses no banco de dados RSS

Ver todas as notícias dessa área protegida

 

As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.