PES Caminho dos Gerais

Informações gerais

Caminho dos Gerais
Parque Estadual
Estadual
Proteção Integral
56.237 (Decreto - s/n - 28/03/2007)
2007
Instituto Estadual de Florestas

Município(s) no(s) qual(is) incide a Unidade de Conservação e algumas de suas características

Município População (IBGE 2007) População rural (IBGE 2001) População urbana (IBGE 2001) Estado Área do município (ha) Área da UC no município (ha) Porcentagem da UC no município (%)
Gameleiras 5226 4471 792 MG 173.340 0 %
Mamonas 6247 4353 1785 MG 29.028 0 %
Monte Azul 22437 12354 11478 MG 99.157 0 %

Pressões e ameaças

O desmatamento, as queimadas e a mineração industrial, são algumas das pressões que mais ameaçam as Unidades de Conservação. Veja abaixo dados atualizados sobre essas pressões nesta UC; para uma visualização comparativa entre as UCs mais desmatadas na Amazônia Legal, acesse o ranking dinâmico.

Para detalhes sobre a obtenção dos dados, acesse nossa nota técnica.


Características

Características

O Parque Estadual Caminho dos Gerais está inserido nos municípios mineiros de Mamonas, Monte Azul, Gameleiras e Espinosa, em área de aproximadamente 56 mil hectares.
Quatro fatores pesaram para a indicação da área para a implantação do Parque Estadual Caminho das Gerais: a demanda das populações locais, os qualitativos ambientais, a beleza cênica e o potencial turístico.
A expansão da pecuária, agricultura e florestas plantadas de eucalipto, sem o devido cuidado com a conservação dos recursos naturais, gerou forte pressão sobre o ambiente natural, sobretudo nas áreas de chapadas, alterando o ambiente natural, colocando em situação de ameaça de extinção alguns animais e plantas e também ocasionando o desaparecimento dos cursos d'água.
A área ainda se apresenta em bom estado de conservação com presença de espécies raras, endêmicas ou ameaçadas de extinção.
Na Serra Geral, onde se localiza a área da unidade de conservação foram destacadas áreas de especial à extrema importância biológica nos seguintes grupos: mamíferos, avifauna, anfíbios, répteis, invertebrados e flora.
A área também foi apontada como área prioritária para a investigação científica, diante da inexistência de levantamentos biológicos.
(Baseado em IEF MG. Disponível em:http://www.ief.mg.gov.br/areas-protegidas/248?task=view. Acesso em: 16/05/2013)

Observações


Aspectos Físicos

Sobreposições com outras Unidades de Conservação ou Terras Indígenas

Não pertinente.


Contatos


Notícias

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

Histórico Jurídico

Tipo de documento Número Ação do documento Data do documento Data de publicaçãoícone de ordenação Observação Documento na íntegra
Decreto s/n Criação 28/03/2007 29/03/2007 O GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS cria o Parque Estadual Caminho dos Gerais, nosMunicípios de Espinosa, Gameleiras, Mamonas e Monte Azul, com a finalidade proteger a fauna e a flora regionais, as nascentes dos rios e córregos da região, e criar condições para o desenvolvimento de pesquisas e estudos de modo a conciliar, harmoniosamente, o uso científico, educativo e recreativo com apreservação integral e perene do patrimônio natural.


comments powered by Disqus